Acertou

Acertou 25.10.2018


- Divulgação/TJ-RR

O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública Aluizio Ferreira Vieira, que determinou que o Banco do Brasil não retenha nas contas públicas valores de arrecadação estadual e libere, imediatamente, o pagamento da folha salarial de servidores estaduais. Na decisão, o juiz manda que sejam suspensos outros pagamentos até que todos os servidores recebam, pois se trata de prioridade. De acordo com o Sintraima, os atrasos atingem quase dez mil pessoas.