Coluna Roraima Alerta

01 de outubro de 2018


- TSE

GOLPE

Mais uma denúncia de golpe eleitoral deve explodir ainda essa semana em Roraima. Tem candidato que está prometendo doar lotes de terras para famílias de uma associação na região do Murupú. Sabe-se que a área prometida não pertence a quem está prometendo e que as ações adotadas até agora, não têm validade nenhuma. Trata-se de uma tática antiga em Roraima, mas que nos dias atuais não tem como dar certo porque as informações circulam com muito mais rapidez do que antigamente.

GOLPE I

O interessante dessa tentativa de golpe eleitoral é que as personagens principais da história não estão fazendo a mínima questão de esconder o crime que estão para praticar ou não acreditam que a Justiça Eleitoral possa tomar providências sérias contra tais candidatos. Afinal, estão tentando enganar cerca de 300 famílias com promessas falsas.

ÀS CLARAS

Durante essa semana, o Roraima em Tempo vai publicar uma reportagem que mostra como o golpe está sendo planejado e quem está por trás do engodo. Documentos serão expostos e os nomes dos golpistas vão ser informados. É esperar para conferir.

FAVOR

O fim de semana foi marcado por manifestações de apoio e de protestos contra um candidato a presidência da República. Em Boa Vista, as pessoas se reuniram na Orla Taumanan, mas não houve nenhum tipo de atrito entre as partes.

SALÁRIOS

Será que o governo do Estado terá condições de pagar os salários dos servidores estaduais essa semana? É bem provável que primeiro pague o tal Crédito do Povo, para depois pagar o salário, isso se as contas do governo forem desbloqueadas. Tem muito servidor que já está correndo da sala para a cozinha com receio de que, mais uma vez, fique sem dinheiro na data correta.

PODE TUDO?

Se for verdade, a Justiça Eleitoral vai ter muito problema. Nos grupos de WhatsApp corre a notícia que o pessoal ligado à Suely Campos estaria oferecendo R$ 500 como forma de compra de votos. Se isso for verdade, aquela história de que ela teria R$ 7 milhões para a boca de urna pode ser verdadeira também. Como ninguém ainda tem provas disso, é bom que a própria Justiça Eleitoral abra os olhos, porque onde há fumaça, há fogo.

FAKE?

Ainda segundo as notas publicadas, o Ministério Público Eleitoral teria recebido denúncia grave, com provas documentais e testemunhais de que a candidata ao governo, Suely Campos (PP), estaria comprando votos nos bairros da periferia de Boa Vista. Equipes de rua da candidata fariam cadastro e ofereceriam a quantia de R$ 500. O valor seria pago pelos filhos da governadora que iriam pessoalmente às casas visitadas.

FAKE I?

Outra informação que corre às soltas na Internet é a de que Suely Campos, que disputa sua reeleição, estaria anunciando em suas reuniões de campanha que vai entregar 50 mil cartões do crédito social. A distribuição seria feita pelos deputados da base da governadora, numa espécie de mutirão para atender a todos antes do dia 7 de outubro.

VEJA TAMBÉM...