Coluna Roraima Alerta

03 de outubro de 2018


- Divulgação/ TSE

PESQUISA

Em mais uma pesquisa do Instituto Datafolha para presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) atingiu 32% das intenções de voto. Fernando Haddad (PT) foi escolhido por 21% dos entrevistados; Ciro Gomes (PDT), 11%; Geraldo Alckmin (PSDB), 9%, e Marina Silva (Rede), 4%. Conforme a pesquisa, João Amoêdo (Novo) é o candidato de 3% do eleitorado. Henrique Meirelles (MDB), Álvaro Dias (Podemos) e Cabo Daciolo (Patriota) estão empatados com 2% cada um. Guilherme Boulos (PSOL), João Goulart Filho (PPL), Eymael (DC) e Vera Lúcia (PSTU) não pontuaram no levantamento.

NULOS E BRANCOS

Oito por cento dos entrevistados indicaram a intenção de anular ou votar em branco; enquanto 5% disseram que não sabem em quem vão votar ou não quiseram responder. Como nos levantamentos anteriores, o nível de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

FAKES

Mesmo com tanta divulgação de que publicar notícias falsas é crime, muitos ainda insistem na prática. Ontem, por exemplo, divulgaram que um candidato teria sido preso com R$ 500 mil na Zona Oeste da cidade. Na verdade, o candidato que foi preso é de Tocantins e nada tem a ver com as eleições em Roraima.

SE ENROLA

Já um candidato ao governo de Roraima se enrola sozinho. Ele não precisa da ajuda de ninguém. Se mete em confusões e depois tenta se justificar colocando a culpa nos outros. É daquele tipo que acha que as imagens ninguém vê e que suas palavras são mais verdadeiras. Deveria tomar mais cuidado para não se expor ao ridículo como vem ocorrendo há algum tempo.

DEBATES

Ontem e segunda-feira, os candidatos a governador de Roraima participaram de debates. Apresentaram suas propostas, receberam vaias, aplausos, mas não fugiram dos questionamentos. Pelo menos, alguns deles.

SEM COMIDA

Como já era de se esperar, os detentos do sistema prisional de Roraima estão passando fome. Ontem, os familiares tiveram que fazer a comida deles na frente dos presídios, numa forma de protesto contra o governo.

REPASSE

O governo do Estado não fez o repasse integral do duodécimo da Assembleia Legislativa. Ontem, a direção do Poder Legislativo informou que depositou apenas o dinheiro de quem ganha menos que R$ 3.800 e que o restante dos servidores só vai receber quando o repasse for feito. Mais uma do governo do Estado.

FAKE

O Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR) informou na noite de ontem que não é verdadeira a informação que circula em redes sociais sobre anulação de voto caso o eleitor escolha apenas um candidato e votar nos demais em branco.

FAKE I

A Justiça Eleitoral esclarece que se o eleitor votar apenas para o cargo de presidente, por exemplo, e votar em branco nos demais, o voto para presidente é considerado válido e os demais (brancos ou nulos) são contabilizados apenas para fins de estatística.

VEJA TAMBÉM...