Coluna Roraima Alerta

Roraima Alerta 03.01.19


- Reprodução

CALAMIDADE FINANCEIRA

O Roraima em Tempo deu em primeira mão que um dos primeiros atos formais do novo governo seria o decreto de Calamidade Financeira. O documento foi publicado no Diário Oficial do dia 28 de janeiro, disponibilizado apenas nesta quarta-feira (2), no site da Imprensa Oficial. A decisão veio quando ainda estávamos sob intervenção, o que significa que a decisão tem o aval da equipe do Governo Federal. Estão suspensos todos os contratos com a administração pública e o decreto permite ainda que o Estado negocie a dívida com a União, uma das alternativas encontradas para recuperar o fôlego e conseguir o mínimo de margem necessária para manter o funcionamento dos serviços públicos.

EQUIPE

O governador Antonio Denarium anuncia nesta manhã a nova equipe de governo. São pessoas que, segundo ele, foram escolhidas pela capacidade técnica e têm totais condições de ajudar o governo a promover o desenvolvimento depois, claro, que conseguirem fazer o estado superar essa crise. Alguns nomes da equipe foram antecipados ainda em 2018 e, a partir de agora, estarão sujeitos às cobranças e críticas da sociedade. Espera que cada um possa contribuir com responsabilidade para a melhoria dos serviços públicos. Esse é o simples desejo da população castigada na era Campos, especialmente, nas áreas da saúde, educação e segurança.

TERCEIRIZADAS

Semana passada, o secretário-adjunto da Educação, Aerton Dias, apaziguo os ânimos de trabalhadores das empresas terceirizadas que protestavam em frente ao Palácio Senador Hélio Campos. Os manifestantes cobravam o pagamento dos salários atrasados, alguns têm até seis meses para receber. A missão não foi fácil, mas como muita diplomacia ele explicou a situação financeira crítica que se encontra o estado e que, mais uma vez, o Governo de Roraima vai buscar apoio junto à União para que essas dívidas sejam pagas. Foi ele que anunciou a realização de um levantamento sobre a situação de cada uma dessas empresas. Esse trabalho seria concluído hoje, para então, ser apresentado ao Governo Federal. Por enquanto, não há previsão para que esses pagamentos sejam efetuados.

PRÓXIMOS SALÁRIOS

Outra situação delicada é a dos salários do funcionalismo estadual. O governador Antonio Denarium, no discurso de posse, deixou claro que o Estado não tem hoje dinheiro suficiente para honrar com a folha de pagamento. A informação deixou, mais uma vez, os servidores apreensivos. Quem bamburrou nas festas de fim de ano já começa a se arrepender amargamente. O certo é: Roraima está doente financeiramente e cada decisão tomada pelo novo gestor terá um peso crucial na garantia dos direitos dos servidores estaduais. Enxugar a máquina e reduzir custos não é só uma questão de prioridade. É uma necessidade! Resta saber como isso será feito.

PIOR QUE POLÍTICA

O povo diz que não tem nada pior que política. Mas em Roraima tem sim. São as briguinhas de militantes virtuais que apoiam A ou B. O que se vê diariamente são textos mal feitos, com conteúdos que mais parecem lendas ou enredo de novela servindo para atacar pessoas públicas. Basta que um apareça, para que outros textos-respostas ocupem os grupos de 'notícias'. A dúvida é se esses conteúdos interessam à população, se gera discussões, se é acatado como verdade. Por enquanto, eles mais parecem lixo. Dá uma preguiça de ler!

ONDE ESTÁ SUELY

A ex-governadora Suely Campos foi convidada oficialmente para a posse de Antonio Denarium. A Secretaria de Comunicação confirmou o envio, mas garantiu não ter obtido resposta ou justificativa para a ausência de tão agradável autoridade do nosso estado. Como a intervenção federal acabou no dia 31 de janeiro, por via de regra, era Suely que deveria entregar a faixa ao novo governador. Quem assumiu a missão foi o General Eduardo Pazuello. Suely não fez falta, mas, deixou muita gente curiosa sob o seu paradeiro. Será que ela anda se escondendo com medo de ser presa, como o filho e o marido foram? Vamos acompanhar as decisões da justiça sobre o destino da pior gestora que Roraima já teve.

VEJA TAMBÉM...