Como estimular a criatividade das crianças?

Foto: Reprodução/ Portal EBC
A criatividade das crianças deve ser estimulada pelos pais

De acordo com a psicóloga e psicoterapeuta infantil Margot Sunderland, a brincadeira é a principal forma de desenvolvimento da curiosidade, da motivação e do impulso exploratório das crianças.

Segundo ela, experiências interessantes ajudam a ativar energicamente o “sistema de busca”, que dá base à capacidade criativa. Essas habilidades ajudam a criança a se relacionar bem com as pessoas, a conhecer lugares, se aventurar sem inseguranças e a superar obstáculos com determinação. As crianças que permanecem paradas, estáticas por muito tempo, não têm o seu sistema de busca ativado.

Mas como ativar o sistema de buscas?

Oferecer ambientes ricos em estímulos para a brincadeira exploratória e criativa – Lugares para explorar, amigos e brinquedos criativos e imaginativos. Não é preciso gastar dinheiro. Brincar com água no jardim pode ser suficiente para estimular a uma criança pequena. Um estudo recente com um grupo de ratos mostrou que um entorno rico de tubos para subir, rodas para correr, alimentos variados e muitos contatos sociais provocaram um aumento de cinquenta mil neurônios a mais em cada lado do hipocampo (um dos mais importantes centros cerebrais para a memória e o aprendizado), em apenas dois meses de experiência.

Fugir da rotina – Fazer sempre as mesmas coisas torna o cérebro preguiçoso. É preciso despertar a imaginação. Brincar bastante com outras crianças em vez de confiar o entretenimento à tv. Pode ser necessário que os pais ajudem a começar a brincadeira. Mas depois que ensinar como brincar com novos objetos, o sistema de busca será ativado e é preciso deixar que a criança explore sozinha o caminho.

Construir uma casinha – Com cadeiras e lençóis e encher de brinquedos.

Ajudar a criança a pegar e brincar com objetos da natureza – Folhas, flores, areia e água. Brincar na chuva.
Construir um mundo de fantasia – Usando coisas como carrinhos de brinquedo, uma bacia que sirva de barco e um regador para simular a chuva.

Passear no campo – Permitir que se suje com terra, na água e na grama. Construir um dique em um córrego, fazer uma ponte com pedras ou construir barquinhos de folhas e gravetos.

Escolher os brinquedos certos – Alguns brinquedos ativam fortemente o sistema de busca das crianças porque captam sua imaginação e abrem as portas da brincadeira. Isso permite que a criança desenvolva uma ideia livremente.

Ir a lugares que estimulem a imaginação – Zoológico, uma loja de doces, um circo ou uma casa de bonecas. Nesses lugares começam a “acontecer” coisas que estimulam o desenvolvimento de ideias criativas.

Proporcionar atividades artísticas – É preciso deixar a criança experimentar em vez de insistir que desenhe uma figura determinada. Apesar dos livrinhos de colorir serem divertidos, não deixam livre a imaginação, como fazem as atividades artísticas espontâneas.

Portal EBC