Notícias Locais

FGC, CDI e Selic, o que essas siglas significam no mundo dos investimentos?

Na coluna anterior falamos sobre alguns investimentos e algumas taxas, hoje abordaremos um pouco mais sobre essas taxas


Toda pessoa que já teve algum "contato" com o mundo dos investimentos, certamente se deparou com inúmeras siglas e ficou sem entender nada, não é mesmo?! Mas calma, que aos poucos vamos falar de todas elas.

Na coluna anterior falamos sobre alguns investimentos e algumas taxas, hoje abordaremos um pouco mais sobre essas taxas e o que elas significam no mercado financeiro. Mas Jádila, eu realmente preciso conhecer essas siglas aí? Se você quiser investir seu suado dinheirinho, sim. E como eu tenho certeza que você quer investir e buscar a sua independência financeira, vou te falar agora sobre algumas delas. 

FGC - FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO

De acordo com o Banco Central, o Fundo Garantidor de Crédito é uma entidade privada, sem fins lucrativos, que administra um mecanismo de proteção aos correntistas, poupadores e investidores, que permite recuperar os depósitos ou créditos mantidos em instituição financeira, até o valor máximo de R$250 mil, em caso de intervenção, de liquidação ou de falência. A resolução 4.222, de 2013 dispõe sobre o regulamento do FGC, pra quem quiser mais informações, é bom dar uma "olhadinha".

Logo meu caro, a mesma segurança que você tem de colocar seu dinheiro na poupança, você deveria ter para investir em CBD e Tesouro Selic como falamos na coluna anterior, já que as três modalidades são garantidas pelo FGC.

Entendeu agora?! É o FGC que garante que você vai ter seu dinheiro de volta caso a Instituição Financeira quebre por exemplo, aquele valor que você tem na poupança é seguro, assim como o dinheiro aplicado em CBD e Tesouro Selic. A única diferença entre essas três modalidades é que a poupança sempre rende menos.

A segurança da poupança já não é mais desculpas para você não aplicar seu dinheiro em investimentos que te paguem maior rentabilidade, que contribuam para a realização dos seus sonhos. Pense bem! Com R$30,00 já dá pra começar a investir, esqueça essa história de que só quem tem muito dinheiro é investidor. 

CDI - CERTIFICADO DE DEPÓSITO INTERBANCÁRIO

O CDI ou DI, é um velho conhecido de quem é investidor de Renda Fixa (falaremos mais sobre isso). Sabe os juros que você paga ao banco quando faz um empréstimo? Pois bem, o CDI, de forma simplificada é a taxa de juros de empréstimo entre os próprio bancos.

O CDI tem uma taxa de juros próxima a SELIC. Mas Jádila, os juros que eu pago ao banco são exorbitantes! Eu sei, não é justo (risos), mas entre as instituições a taxa de juros é menor.

 O CDI, é exclusivo para instituições financeiras, logo você não pode investir em um. Mas você pode investir no CDB, que tem rentabilidade atrelada ao CDI. Jádila fiquei confuso agora! Calma, vou te dar um exemplo.

Se seu CDB paga 80% do CDI, significa que você está tendo uma rentabilidade 20% menor do que o índice, se ele paga 120% é o oposto: a rentabilidade é 20% acima do índice.

Os bancos maiores e mais conhecidos, não tendem a pagar mais que 100% do CDI, em CDBs. Isso porque essas instituições tem maior facilidade de captar dinheiro (lembra que te falei que CDB é você emprestando dinheiro ao banco?!), bancos maiores conseguem "empréstimos" com maior rapidez.

Já os bancos menores, que precisam captar recursos, costumam oferecer rentabilidades maiores, como 120% do CDI, já encontrei até 132% (pasmem!). Procure bem e enriqueça mais rápido!

Por último temos a nossa querida Selic! 

SELIC - SISTEMA ESPECIAL DE LIQUIDAÇÃO E CUSTÓDIA

A taxa Selic serve como um parâmetro para as outras taxas da economia, o aumento e diminuição da Selic também possui profunda influência no nosso dia a dia e na economia do Brasil. E você aí querendo passar o noticiário porque acha chata essa taxa!

Pra você ter uma ideia de quanto a Selic é poderosa, qualquer reajuste nela, influencia a taxa de todos os outros investimentos. Sabe aquele financiamento da casa própria que você quer fazer? Pois é, a Selic influencia ele também. Acho que já deu pra entender que a Selic é a "taxa rainha" né?!

Atualmente a taxa Selic está em seu menor patamar, desde 1986, ano de sua criação.

Mas Jádila, 6,50% é bom ou ruim? Depende.

De forma bem simplificada, se a Selic sobe muito, as instituições financeiras têm um custo maior para captar recursos. Dessa forma, eles se tornam mais seletivos para conceder crédito, logo o crédito fica mais "caro". Entretanto, quando a Selic está baixa, o crédito tende a se tornar mais acessível, fomentando ainda mais a economia.

Mas e o que acontece se eu investir no Tesouro Selic, com a taxa baixa assim?!

Lembra que na coluna anterior eu disse que o Tesouro Direto está dividido em 3 grupos, mas que íamos falar por enquanto só do Tesouro Selic?!

De forma simples, se você quer investir ou já está investindo no Tesouro Selic, seu rendimento vai ser semelhante a variação da taxa Selic, já que o índice usado para calcular o seu rendimento é a própria.

Tem alguma outra opção de investimento Jádila?!

Como já disse a Selic é a "taxa rainha", mas podemos recorrer a investimentos que nos paguem uma rentabilidade maior. Na próxima coluna vamos falar sobre os "grupos" de investimentos. Renda Fixa e Renda Variável? Já ouviu falar?

Espero que o conteúdo de hoje faça realmente você entender um pouco mais sobre esse mundo dos investimentos, se restou dúvidas sobre FGC, CDI e Selic, podem nos enviar lá no @econodicass, que responderemos com prazer.

E até a próxima!

 

 

 


SEE ALSO ...