Errou

Errou 06.06.2019


A Casa Civil, que contrata empresa para disponibilizar flores no valor de R$ 170 mil. Em meio à crise financeira pregada pela atual gestão estadual, gastar dinheiro com essas prioridades é colocar em cheque a veracidade da dívida pública. A reforma administrativa ainda não saiu do papel e o Estado continua contratando servidor comissionado. Seria hora de repensar essa política aplicada?

SEE ALSO ...