Errou

Errou 27.11.18


ERROU

O governo do Estado, que, de acordo com boletim divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, apresentou taxas de crescimento significativas nos gastos com pessoal ativo no entre 2015 e 2017. O aumento foi de quase 30%, semelhante ao registrado em Brasília e Tocantins. Roraima se encontra com desequilíbrios de ordem fiscal e financeira, tanto de natureza conjuntural quanto estrutura e, mesmo em tempos de crise, tem gastos que o colocam em uma posição nada confortável no ranking dos gastões.

VEJA TAMBÉM...