Esporte

Vice-paulista, Palmeiras encerrou o ano em alta conquistando o décimo título brasileiro

Sob o comando de Luiz Felipe Scolari o verdão transformou 2018 em um dos melhores anos de sua história


- Sergio Barzaghi/Gazeta Press

A Sociedade Esportiva Palmeiras viveu uma temporada movimentada em 2018. Após amargar uma dolorosa derrota diante do arquirrival Corinthians na final do Campeonato Paulista, a equipe alviverde conquistou o Brasileiro e conseguiu encerrar o ano em alta.

Com um elenco estrelado, o Palmeiras iniciou a temporada sob o comando do técnico Roger Machado e alcançou a decisão do Estadual. O time alviverde ganhou por 1 a 0 do Corinthians em Itaquera, mas perdeu pelo mesmo placar em casa e acabou derrotado por 4 a 3 nos pênaltis.

Na Copa Libertadores, o Palmeiras avançou às oitavas de final com a melhor campanha da primeira fase, mas, ainda assim, Roger Machado não teve vida longa. O revés por 1 a 0 diante do Fluminense, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, determinou a queda do técnico.

O clube presidido por Maurício Galiotte, então, decidiu apostar no veterano Luiz Felipe Scolari. Aos 69 anos de idade, ainda cercado por desconfiança em função do 7 a 1 no Mundial de 2014, o treinador gaúcho iniciou sua terceira passagem pelo Palmeiras no último mês de agosto.

Com um vasto elenco nas mãos, Felipão foi capaz de armar praticamente duas equipes diferentes. Com uma formação no Campeonato Brasileiro e outra nas Copas do Brasil e Libertadores, o experiente comandante construiu um ambiente positivo ao motivar os jogadores.

Sob o comando de Felipão, o Palmeiras alcançou a semifinal da Copa do Brasil. No Allianz Parque, com um gol anulado de maneira equivocada, o time alviverde perdeu por 1 a 0 do Cruzeiro. No Mineirão, com um empate por 1 a 1, a equipe celeste avançou.

A caminhada do Palmeiras na Copa Libertadores também terminou na semifinal, fase que o clube não chegava desde 2001. O revés por 2 a 0 diante do Boca Juniors na Bombonera selou a sorte do time alviverde, que empatou por 2 a 2 no Allianz Parque.

Curiosamente, enquanto o time considerado titular caiu nos dois torneios eliminatórios, a equipe alternativa armada por Felipão teve sucesso no Campeonato Brasileiro. O título veio ainda na 37ª rodada, com uma vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, em São Januário. No último jogo do ano, diante do Vitória, o clube apenas festejou a conquista em casa.

VEJA TAMBÉM...