Esporte

Vinicius Junior estreia na Champions League em goleada do Real Madrid sobre o Viktoria Plzen: 5 a 0

Brasileiro entra no segundo tempo e faz a jogada do quinto gol merengue, marcado por Toni Kroos


- Reuters

O Real Madrid, aos poucos, vai ensaiando uma reação sob o comando do técnico Santiago Solari. O treinador argentino, ainda interino, conseguiu uma importante goleada em sua primeira partida na Liga dos Campeões da Uefa, mantendo os 100% de aproveitamento, depois das vitórias na Copa do Rei e no Campeonato Espanhol. Fora de casa, com muitos desfalques e ainda poupando os titulares Isco e Modric, o Real aplicou um sonoro 5 a 0 sobre o Viktoria Plzen, pela quarta rodada do grupo G. Mais uma vez, com boa participação de Vinicius Junior, que vem ganhando a confiança de Solari, seu treinador no Real Madrid Castilla. Nesta quarta, ele fez sua estreia na Champions entrando no segundo tempo. Foi a principal opção de contra-ataque e fez a jogada do último gol, marcado por Toni Kroos. Benzema (duas vezes), Casemiro e Gareth Bale fizeram os outros gols, todos na primeira etapa. Real e Roma, ambos com nove pontos, têm a classificação bem encaminhada (confira a tabela completa).

SUFOCO NO INÍCIO, DEPOIS PORTEIRA ABERTA

Nos primeiros minutos, o Real Madrid viu o time da casa pressionar e quase abrir o placar três vezes. Na melhor chance, Nacho cortou mal e acertou o próprio travessão. No primeiro bom ataque espanhol, aos 20, Benzema passou por três rivais na área e abriu o placar com um golaço, o 200º do atacante francês com a camisa do Real. A partir daí, tudo deu certo para os visitantes. Dois minutos depois, Casemiro subiu sem marcação e ampliou. Aos 36, Bale, que vem sendo criticado pela torcida do Real, ajeitou de cabeça para Benzema marcar mais um. E aos 38, foi a vez do camisa 9 raspar de cabeça, e Bale marcar o quarto, de pé esquerdo, para aliviar mais um pouco sua situação.

Com a goleada construída, o segundo tempo começou burocrático. Até Vinicius Junior entrar no lugar de Benzema, aos 16 minutos. O brasileiro passou a ser a principal fonte de contra-ataques do Real Madrid. Na primeira boa arrancada, aos 21, ele saiu do campo de defesa até a área do Viktoria Plzen e só rolou para Toni Kroos encobrir o goleiro Hruska com um belo toque de categoria: 5 a 0. As melhores chances do Real até o fim do jogo passaram pelos pés do ex-jogador do Flamengo, sempre arrancando pela esquerda e criando jogadas de perigo em pelo menos quatro oportunidades. Na última, já nos acréscimos, ele rolou para Bale acertar o travessão do Viktoria Plzen. (Globoesporte.com)