Mais de 30 mil venezuelanos entraram no Brasil após crise no país vizinho

Foto: Edinaldo Morais
Governo pediu reforça na fronteira do Brasil com o país vizinho

A crise política e econômica na Venezuela tem levado muitos cidadãos a deixar o país em busca de melhores condições de vida em outro lugar. Estima-se que mais de 1 milhão de venezuelanos já tenha cruzado a fronteira com a Colômbia, enquanto outros 30 mil vieram para o Brasil. A porta de entrada é o estado de Roraima, onde os imigrantes se concentram na capital, Boa Vista, e na cidade fronteiriça de Pacaraima.

Na última terça-feira (8), o governo de Roraima solicitou ao presidente da república, Michel Temer, reforço das Forças Armadas e da Polícia Federal na fronteira com a Venezuela. De acordo com o pedido, a situação é grave, pois está exposta a segurança pública nacional em razão da fronteira desprotegida no norte do País.

O governo pediu a atuação das Forças Armadas no patrulhamento de toda a extensão da faixa de fronteira do município de Pacaraima com a Venezuela, onde existem diversas vias de acesso clandestinas utilizadas como rota de tráfico de drogas, de pessoas e de armas.

Na sexta-feira (11), o Exército reforçou o efetivo em Pacaraima e militares estão fazendo patrulhamento nas ruas do município. Cerca de 36 homens se uniram aos 60 militares que já atuavam na região.

Do Roraima em Tempo

jornalismo@roraimaemtempo.com.br