Notícias Locais

Mulher é esfaqueada durante assalto; criminosos não foram capturados

Vítima estava sozinha e andava de bicicleta quando foi atacada pelos estrangeiros, afirmou a polícia

Créditos: Nonato Souza
Venezuelano assaltante não foi capturado; bicicleta da vítima foi recuperada pela polícia - Reprodução

Uma mulher de 29 anos foi esfaqueada na noite de segunda-feira (12) durante um assalto. Ela voltava para casa de bicicleta. A mulher foi ferida com duas facadas e, após receber ajuda de moradores, foi socorrida por uma equipe do Samu e conduzida ao Pronto-Socorro Francisco Elesbão.

De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima é cuidadora de criança e foi atacada por dois venezuelanos. A tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte) ocorreu por volta das 20h na Avenida Venezuela, nas proximidades de uma loja concessionária de motocicletas.

A mulher estava sozinha e andava de bicicleta quando foi atacada pelos estrangeiros. Armado com uma faca, um dos venezuelanos abordou a vítima e exigiu o transporte dela. Em circunstância não esclarecida, o ladrão golpeou a mulher duas vezes, tomou a bicicleta e fugiu.

A vítima foi socorrida por pessoas que passavam pelo local e a encontraram ensanguentada. Após ouvir relato de testemunhas, equipes da PM realizaram diligências para tentar capturar os assaltantes, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Em relatório, os militares explicaram que depois do crime os bandidos, possivelmente, se juntaram a um grupo de mais de 150 venezuelanos refugiados num abrigo clandestino, o que tornou impossível identificá-los.

Porém, as bicicletas da vítima e dos criminosos foram localizadas por moradores e apreendidas pelos agentes. Os veículos foram entregues à Polícia Civil, junto com o relatório da ocorrência para investigação.

Os policiais ainda estiveram no hospital para saber sobre o estado de saúde da vítima e foram informados que ela seria submetida a uma tomografia e permaneceria em observação.

VEJA TAMBÉM...