Notícias Locais

Adolescente morre e amigo fica ferido após dupla atirar contra eles em praça pública

Além do adolescente João Victor Moraes de Araújo, outro jovem de 21 anos, amigo dele também, foi baleado

Créditos: Nonato Sousa
- Divulgação

Um adolescente de 15 anos apelidado de 'Vitinho', supostamente envolvido com uma facção criminosa, cujos integrantes cometem crimes dentro e fora dos presídios de Roraima, foi executado a tiros numa praça pública na zona Oeste de Boa Vista.

O jovem chegou a ser socorrido por amigos, mas segundo informações da polícia, a equipe médica de plantão no Pronto Socorro Francisco Elesbão disse que ele já chegou morto à unidade médica.

Além do adolescente João Victor Moraes de Araújo, outro jovem de 21 anos, amigo dele também, foi baleado no mesmo local. Cristofe Wendreo Pinheiro da Silva foi socorrido junto com o amigo. Ele levou um tiro no glúteo, foi medicado e liberado pouco tempo depois.

O homicídio do adolescente e a tentativa do mesmo crime contra o amigo ocorreram por volta das 20h de terça-feira (8), na praça pública do bairro Centenário, onde as vítimas estariam com outros amigos. A reportagem apurou que João Victor morava na mesma rua que o amigo baleado, também no Centenário.

RELATO

Enquanto estava no hospital, Cristofe Silva falou com uma equipe de policiais militares que atendeu a ocorrência minutos depois de ele e o amigo terem sido alvejados. Ele contou aos policiais que os tiros foram efetuados por dois homens que chegaram à praça numa motocicleta, possivelmente Lander, cor não informada.

"Eles estavam bem vestidos, com roupa social e usavam capacetes com viseira escura", disse o jovem aos militares. Silva complementou que foram disparados pelo menos três tiros e foi atingido com um deles. Outro tiro acertou o amigo João Victor no pescoço.

FACÇÃO

Durante a conversa, o jovem foi questionado pelos agentes se ele e o amigo eram envolvidos com facão criminosa, mas o jovem negou. Apesar da resposta negativa, a principal suspeita dos policiais para os crimes é de que se trata de acerto de contas entre organizações criminosas.

Nos últimos anos, as polícias Militar e Civil registraram dezenas de assassinatos em Boa Vista e em outros municípios de Roraima, principalmente na região Sul, em que vítimas que criminosos eram envolvidos com as duas facções criminosas que atuam no estado: Primeiro Comando da Capital (PCC) e Comando Vermelho (CV), oriundas dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Uma terceira facção denominada Família do Norte (FDN), oriunda do Amazonas, também é citada em alguns dos crimes.

Conforme a polícia, as mortes são resultados de uma briga pelo domínio do crime em Roraima, desencadeada pelas principais facções PCC e CV.

LIBERADO

O corpo do adolescente João Victor foi removido ao Instituto de Medicina Legal (IML) ainda na noite de terça-feira e no final da manhã dessa quarta-feira (9) foi devolvido para a família fazer o velório e sepultamento, após o exame cadavérico que determina a causa da morte.

A reportagem do Roraima em Tempo não conseguiu contato com ninguém da família do jovem para falar sobre o caso. Também confirmar se João Victor estaria envolvido com uma facção ou não.

INVESTIGAÇÃO

O relatório dos policiais militares foi entregue ao Plantão da Polícia Civil, após diligências na tentativa de capturar os assassino, ou mesmo identificá-los, o que não ocorreu. O caso agora será investigado pelo delegado e agentes da Delegacia Geral de Homicídio (DGH).

MAIS TIROS

Ainda na noite de terça-feira, houve a informação de que praticamente no mesmo horário em que os amigos foram baleados na praça do bairro Centenário, tiros também foram efetuados em via pública no bairro Caranã, mas a princípio ninguém foi atingido, porém a polícia não confirmou.

SEE ALSO ...