Notícias Locais

Apostadores tentam acertar dezenas da Mega da Virada em loterias de Roraima

: Sorteio ocorre no último dia do ano e as apostas podem ser feitas até às 14 horas, horário local


- Fabio Calilo

Os últimos dias do ano chegaram e muita gente tem aproveitado para pôr em prática uma fezinha e tentar acertar os números que serão sorteados na Mega da Virada de 2018 e começar o Ano Novo milionário. O sorteio do prêmio, avaliado em R$ 280 milhões, está previsto para ocorrer na próxima segunda-feira (31).

De acordo com o gerente regional da Caixa Econômica Federal, Clemilson Carvalho, uma quantia do dinheiro arrecadado no concurso é voltada para investimentos do Governo Federal.

"Uma parte dos recursos é destinada para pagar o ganhador e 37% dos recursos é investido nas áreas de saúde, seguridade, cultura, esporte e segurança pública", explicou Carvalho.

Devido o prêmio da Mega da Virada não acumular, caso nenhum ganhador acerte as seis dezenas, a quantia será destinada para as faixas seguintes.

"Se ninguém acertar as seis dezenas, o dinheiro é dividido para quem acertar a quina, e assim por diante. Faz muito tempo que o ganhador sempre acerta a sena", comentou o gerente regional.

Para o aposentado Fernando Ramos, as apostas na loteria já viraram rotina e com o tradicional sorteio da Mega da Virada não poderia ser diferente. No concurso deste ano, cinco jogos foram feitos por Ramos.

"Há anos, jogo todos os dias e já ganhei alguns sorteios, mas ainda não fiquei milionário", comentou.

Caso acerte os seis números que serão sorteados no dia 31 de dezembro, o aposentado afirmou que pretende ajudar a família a melhorar as finanças e construir uma fundação para ajudar pessoas carentes.

"Se ganhar, monto uma fundação para ajudar muitas pessoas que estão precisando e pretendo doar uma parte para meus filhos e netos", reforçou.

Muitos jogadores têm um número da sorte que não dispensam na hora de escolher as dezenas. Fernando Ramos tem seis que sempre aposta e acredita que um dia serão sorteados.

"Já ganhei uma vez com os meus seis números escolhidos, mas não posso falar quais são porque vou ganhar de novo", assegurou.

Antônio Chaves é outro aposentado que tenta entrar 2019 com o pé direito e já fez cinco jogos apenas neste concurso da Mega da Virada.

"Já joguei muito na mega-sena, só que ainda não ganhei. Sempre jogo com os números 9 e 13 e meu dia da sorte vai chegar", disse esperançoso.

Supersticioso, Antônio Chaves contou que tem muitos projetos para o prêmio, caso ganhe, mas não pode falar até a realização do sorteio.

"O que posso dizer é que a primeira coisa que vou fazer é ajudar a minha família. Em primeiro lugar os de casa e o resto não posso contar", declarou.

Diferente de anos anteriores, o prazo máximo para as apostas segue até às 16h, horário de Brasília (14 horas, em Roraima). Carvalho afirmou que é importante que os apostadores não deixem para participar do concurso apenas na última hora.

"Algumas loterias vão abrir no domingo para evitar tumulto e correria no último dia", contou o gerente.

Nesta época do ano, período em que ocorre o concurso da Mega da Virada, as apostas tendem a aumentar, relatou o gerente da Caixa.

"Como a Mega da Virada é um jogo específico, ou seja, uma vez por ano, as apostas tendem a aumentar em 50% do valor considerado de uma mega-sena normal".

BOLÃO

Há apostadores que buscam aumentar as chances de ganhar o prêmio e optam pelos bolões, possibilidade que os jogadores têm de realizar apostas em grupo. Clemilson Carvalho afirmou que o maior número de apostas permitido nessa modalidade é de 15 números.

"Geralmente amigos e familiares se reúnem para participar dos bolões. As lotéricas fazem os jogos e cada jogador recebe o bilhete intransferível com nome e número de CPF, e ninguém, além do apostador, pode receber o prêmio, caso acerte as dezenas sorteadas", explicou.

Para participar do bolão, o jogador preenche o campo próprio no volante do bilhete comprado. Existe ainda a possibilidade de comprar cotas de bolões organizados pelas unidades lotéricas. Neste caso, pode ser cobrada uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota.

SEE ALSO ...