Notícias Locais

Bandidos tocam o terror e roubam motocicletas em bairros de Boa Vista

Num dos casos, casal foi assaltado num cruzamento no bairro São Bento; roubo foi filmado por uma câmera de vigilância de uma casa

Créditos: NONATO SOUSA

Os roubos e furtos de motocicletas só aumentam em Boa Vista. Ao menos mais quatro casos foram registrados na noite de terça-feira no Plantão da Polícia Civil. Um deles foi gravado por câmeras de vigilância um imóvel perto de onde ocorreu o crime, no bairro São Bento. A vítima foi o pintor Emerson Silva Sampaio, 25, assaltado com a mulher quando ia para casa.

Sampaio conversou com a reportagem do Roraima em Tempo enquanto aguardava na fila de atendimento na delegacia para registrar o boletim de ocorrência, na manhã de quarta-feira (7). Ele disse que tinha ficado até parte da madrugada aguardando para fazer o BO, mas desistiu e foi dormir. Pela manhã, voltou para fazer o registro do roubo.

A motocicleta roubada foi uma XRE 300 cilindradas, de cor preta, placa NAR 4129, que não foi recuperada até a conclusão da matéria. Segundo o pintor, ele e a mulher tinham ido ao mercado comprar carne e voltavam para casa quando foram abordados por dois ladrões.

Os criminosos também andavam numa motocicleta modelo Fazer preta. Ele disse que foi abordado no momento em que reduziu a velocidade do veículo para passar num cruzamento. "Os caras se aproximaram rapidamente e bateram no meu peito mandando parar. Um deles tinha uma arma de fogo e ameaçou atirar", disse o jovem.

Ainda segundo o trabalhador, devido ao susto, ele estancou a moto e parou imediatamente.

O assaltante desceu e "enquadrou" o casal. "Minha moto tem alarme e ele exigiu o controle que estava no bolso. Ainda bateu duas vezes no bolso da minha roupa e não percebeu. Voltou a ameaçar dizendo que queria controle do alarme. Até que meteu a mão no bolso da minha bermuda e tirou", lembrou.

Após pegar o controle, o ladrão mandou que o jovem se afastasse, montou na moto da vítima e fugiu em seguida. O pintor lembrou que durante todo o tempo que durou o assalto, questão de poucos minutos, o outro bandido ficou circulando no local e só quando o comparsa montou na moto da vítima e fugiu ele também foi embora.

VÍDEO

Pela manhã, o vídeo com as imagens do assalto, porém, sem muita qualidade que pudesse ajudar na identificação dos criminosos, foi compartilhado pelo WhatsApp. Nele, é possível ver toda a cena descrita pelo pintor, principalmente do momento em que o bandido que estava pilotando a moto da dupla ficou rodopiando o casal até o comparsa conseguir sair com o veículo da vítima.

OUTROS CASOS

O atendente Gustavo Henrique Castro Galeno, 20, foi outra vítima que teve a motocicleta tomada em via pública na noite de terça-feira, no bairro São Vicente, por dois criminosos venezuelanos que andavam de bicicleta. Segundo o jovem, um dos indivíduos tinha uma arma de fogo e o obrigou a parar.

"Eles falavam espanhol e um ainda me revistou, e roubou minha carteira com todos os documentos, inclusive de uso obrigatório da moto que estava no bolso da calça", disse.

Ainda de acordo com o atendente, os ladrões também levaram seu celular.

PONTE

O pedreiro Maxuel Barbosa da Silva, 27, também registrou na Polícia Civil o roubo da motocicleta Fan preta, placa NUJ 9249. De acordo com a vítima, o crime ocorreu por volta das 17h quando passava por uma ponte entre os bairros Centenário e professora Araceli Souto Maior.

Ele disse que tinha ido buscar a mulher no trabalho e voltavam para casa quando foi obrigado a parar a mando de um indivíduo com uma arma de fogo em punho. "Ele apontou a arma e mandou que eu parasse. Não pude fazer nada e obedeci temendo que atirasse. Logo depois, o ladrão mandou que eu e minha mulher nos afastássemos da moto. Depois, subiu no veículo e foi embora", contou.

DISTRIBUIDORA

Uma motocicleta Fan vermelha, placa NUH 8440, furtada do estacionamento na frente uma distribuidora de bebidas, no bairro Piscicultura, acabou recuperada depois que imagens do suspeito do crime gravadas pelo circuito de câmeras de vigilância do estabelecimento comercial foram divulgadas no WhatsApp.

A reportagem não confirmou se o ladrão foi preso, apenas que o veículo foi recuperado pela polícia e entregue no Plantão da Polícia Civil.

Todos os casos devem ser repassados à Delegacia de Repressão a Roubo e Furto de Veículo Automotor Terrestre (DRRVAT) para investigação.