Notícias Locais

Campanha pede apoio para coral de crianças e adolescentes em Pacaraima

O objetivo da campanha é incentivar a solidaridade, pedindo as pessoas que apadrinhem uma dessas crianças por três meses, de outubro a dezembro


O coral ensaia na casa de música que fica localizada em Pacaraima - Reprodução/ Redes Sociais

Nesta semana de comemoração ao dia das crianças, o Coral 'Canarinhos da Amazônia: Embaixadores da Paz' lança a campanha de apadrinhamento para apoiar as apresentações do grupo em diversos eventos em Roraima. O coral é composto por crianças e adolescentes venezuelanos e brasileiros que vivem no município de Pacaraima.

A campanha tem o objetivo de incentivar a solidaridade, pedindo as pessoas que apadrinhem uma dessas crianças por três meses, de outubro a dezembro, período em que se aumenta a demanda por apresentações culturais, sendo o natal a data mais aguardada. O valor doado é destinado para a compra de figurinos dos 60 membros do coral que têm idade entre 5 e 14 anos.

O coral é parte de um projeto amplo que vem sendo realizado pela maestrina Míriam Bloss junto à Fraternidade: Federação humanitária Internacional. Essas crianças e adolescentes encontram-se em situação de fragilidade social na fonteira Brasil-Venezuela. "Ao participarem do coral elas se sentem incluídas, protegidas por uma esperança que a educação musical promove. O canto alimenta a auto-estima, os momentos em que estão em grupo fazem também com que se sintam mais alegres e mais fortes", disse Bloss.

O coro ensaia na casa de música em Pacaraima e as crianças e adolescentes, além das oficinas de prática instruamental, têm acesso a educação e complementação alimentar.

Para ajudar a incentivar as ações e apresentações do coral 'Canarinhos da Amazônia: Embaixadores da Paz', os padrinhos podem transferir ou depositar suas doações (em qualquer valor) para o Banco do Brasil, agência 57800, conta corrente 14955-1, em nome de Míriam Nascimento Bloss, CPF 343 502 922-68. É importante enviar o comprovante de transferência ou depósito para o número de whatsapp (95) 991130796, a fim de se criar um laço de comunicação para agradecimentos.

A campanha é uma realização do Grupo de Estudo Interdisciplinar de Fronteiras, Geifron-UFRR, por meio do projeto Somos Migrantes. Sobre a campanha, a acadêmica de jornalismo, Ana Lúcia Montel lembrou: "são pequenas ações cotidianas que fazem a diferença na vida das pessoas, um abraço, um sorriso, uma escuta empática, um olhar mais solidário às necessidades do outro. Em algumas ocasiões pensamos que para cooperar precisamos de muito, contudo, na maioria das vezes está ao alcance das nossas mãos, dentro da gente".

Outras informações sobre a campanha podem ser obtidas pelo telefone (95) 98110-3240, falar com Ana Lucia Montel.

VEJA TAMBÉM...