Notícias Locais

Campus de Excelência da UERR está sem energia há quatro dias, relatam estudantes

Além da falta de energia, alunos apontam falta de biblioteca e extensão administrativa no local


Campus de Excelência está locado na escola estadual Severino Cavalcante - Reprodução/Google Maps

Alunos do Campus de Excelência da Universidade Estadual de Roraima (UERR) relataram que o local está sem energia elétrica desde segunda-feira (6) e até o momento não foi dada explicação sobre o problema.

"A diretoria não entrou em contato com nenhum aluno, não foi dada nenhuma satisfação, muito menos previsão de quando o problema será resolvido", disse um dos alunos que pediu anonimato.

Segundo o estudante, algum equipamento que fornece energia teria queimado e a troca do aparelho não foi efetivada. "Supostamente, é o que teria ocorrido, mas a informação ainda não foi confirmada", frisou.

Ele ainda informou que se a energia não voltar até a próxima terça-feira (14), os estudantes farão um ato em protesto.

Outros problemas

Além da falta de energia, outra estudante relatou que não há bibliotecas, laboratórios, nem uma extensão administrativa da Uerr no Campus, que é locado na escola estadual Severino Cavalcante, situada na Avenida Nazaré Figueiras, bairro Silvio Botelho, e atende os cursos de licenciatura da Universidade.

"O local é totalmente desestruturado! Eles simplesmente nos jogaram aqui e nos deixaram desamparados. Quando a gente precisa resolver alguma questão administrativa, temos que nos deslocar até o Campus Canarinho, que é do outro lado da cidade", desabafou, acrescentando que os estudantes serão prejudicados com a falta de energia.

"As aulas já começaram em atraso, o que atrasou os dois semestres desse ano, e consequentemente essa falta de energia vai atrapalhar ainda mais os nossos estudos", concluiu.

Uerr nega problema

Universidade Estadual de Roraima informou que as aulas no Campus de Excelência ocorrem dentro da normalidade e que problemas nos disjuntores impediam de ligar o ar-condicionado, mas ventiladores estavam funcionando normalmente.

"A Uerr informa ainda que os disjuntores foram trocados e está tudo funcionando perfeitamente", acrescentou.

Apesar do esclarecimento da Uerr, os alunos alegaram que o Campus continua sem energia e consequentemente sem aula. "O problema continua e está cada vez mais crítico", finalizou um dos estudantes.

VEJA TAMBÉM...