Notícias Locais

Deputados rejeitam nome indicado pelo governo para comandar Femarh

Airton foi indicado ao cargo em dezembro do ano passado, quando Antonio Denarium (PSL) ainda era interventor

Créditos: Josué Ferreira
- Josué Ferreira/Roraima em Tempo

O nome de Airton Soligo, mais conhecido como Airton Cascavel, foi rejeitado pelos deputados da Assembleia Legislativa de Roraima (ALERR), durante votação. Ele havia sido indicado pelo governo do Estado para comandar a Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Femarh).

A votação no plenário da Casa ocorreu na manhã desta terça-feira (19), de maneira nominal e secreta. No total, foram nove votos favoráveis ao nome do indicado e 14 contrários.

A deputada Lenir Rodrigues (PPS) não compareceu à votação. Os servidores da Fundação, que protestam na Casa, comemoraram o resultado. "Não vai ter licença [ambiental]", gritaram.

Airton foi indicado ao cargo em dezembro do ano passado, quando Antonio Denarium (PSL) ainda era interventor federal de Roraima. Ele permaneceu no cargo e teve o nome enviado para apreciação na Casa. O rito é obrigatório. Hoje, foi rejeitado.

"Isso é um recado para o governador, pois ele acreditava que tudo que colocava no Executivo iria se concretizar, mas não. Tudo tem que ser negociado, acertado. Não se pode chegar com imposições. Precisamos conversar para se chegar a um denominador comum", comentou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Efetivos do Poder Executivo do Estado de Roraima (Sintraima), Francisco Figueira.

O Roraima em Tempo entrou em contato com o governo e aguarda retorno.

SEE ALSO ...