Notícias Locais

Feliz Ano Novo!

Créditos: Gabriela Marcondes

Um, dois, três e contando...

Olá meus queridos leitores, eu sou Gabriela Marcondes, formada em Publicidade e Propaganda e jornalista do Jornal Roraima em Tempo. Estou grávida e este espaço será meu diário compartilhado com vocês onde desvendaremos este lindo universo cheio de mudanças constantes que é o período de nove messes até a chegada do neném. Trago-lhes informações sobre o universo das gestantes e também sobre meu mundo, mãe de primeira viagem e com muito que aprender. Por isso, estou aberta a sugestões e responder suas duvidas, mãezinhas e paizinhos. Para isso, é só entrar em contato comigo pelo telefone (95)99166-6283. Vamos contando os dias e até a próxima quinta!  

*************************

 

Feliz ANO NOVO minha gente! Muitas crianças irão nascer neste ano e dentre elas o meu bebê! Que felicidade que eu sinto em que este ano me tornarei mãe e minha família irá crescer. Desejo um bom parto às mamães que irão ganhar neném este mês. Que Deus guarneça vocês! E vamos contando!!!

 

NOMES

Pai e mãe! Tu te tornas eternamente responsável pelo nome que colocas no teu filho. Sim, peguei essa frase do "Pequeno Príncipe" e a distorci para falar com vocês sobre um assunto muito sério NOMES. Eita, que a escolha do nome para uns dá muito trabalho, outros já o tem desde sempre e a maioria adora um nome criado ou a velha tradição de colocar o mesmo nome do pai ou da mãe no bebê. Eu particularmente não gosto dessa velha tradição, não gosto de nome criado e muito menos daqueles que são tão difíceis de pronunciar e escrever que até o bebê quando cresce se pergunta o que fez para merecer tal nome que lhe dá tanto desgosto hehe.

Paizinho e mãezinha vocês criaram o bebê e o fizeram com muito carinho, e com prazer, com certeza, kk. Então, pense nos nomes pensando unicamente no seu bebê daqui a uns 15 anos. Será que ele vai gostar mesmo desse nome? E o bullying na escola? Será pelo nome? Ele vai querer mudar o nome porque você o chamou de Tangaguarandapio?

O nome não é para você, é para seu bebê que se tornará jovem, adolescente e adulto.

Sei que todos temos gostos e costumes diferentes e que eu não deveria dar "pitacos" sobre qual nome você deve colocar no seu filho, mas é só uma dica para evitar transtornos futuros. A chegada do bebê é muito emocionante, mas controle as emoções na hora de criar o nome, por favor! Os futuros bebês agradecem.

Eu por exemplo queria colocar Gohan no meu filho, se tivesse um menino, mas pensei bem e percebi que numa criança ficaria legal, mas a medida que for crescendo não seria tão legal para ele, mesmo eu amando chamar ele de Gohan para me lembrar de Dragon Ball kkkk. Mas mudei de ideia graças ao meu bom Deus.

 

RICARDO D'ARCO!

Ricardo D'arco Wanderley Eboli Veloso

 

Caros leitores lembram que eu coloquei foto da família da Cláudia Luísa aqui na coluna na edição especial de Natal e falei que ela iria ter o Ricardo no dia 29 de dezembro? Bom, o bebê não quis esperar mais uns dias dentro da barriga e escolheu conhecer o mundo no dia 27 de dezembro.

A mamãe Claudia passou por um procedimento cirúrgico (cesariana), ela estava com diabetes gestacional e teve que antecipar o nascimento do bebê. Atualmente eles se encontram bem, em casa e o Ricardo D'arco Wanderley Eboli Veloso, está bem grandão e lindo! Parabéns aos papais Brunno Ricardo, Cláudia Luísa e as irmãs Izabela e Fernanda que já estão paparicando muito esse neném!

Na próxima edição falaremos um pouco sobre a diabetes gestacional, quadro que muitas gestantes desenvolvem.

 

MÚSICA PARA O BEBÊ

Deixe um bebê feliz! Escute música

 

Dizem que os bebês já nos ouvem desde que eles estão na nossa barriguinha. Estudos apontam que ouvir música contribui para o desenvolvimento da criança, mesmo ela estando ainda no útero. Al igual quando falamos, ele ou ela, já começam a escutar a nossa voz.

A harmonia do som estimula a fala, a audição e também o desenvolvimento intelectual, sensorial e motor do bebê. Ler também estimula as ações do bebê. Ler histórias, coisas boas e positivas.

Eu estou com 19 semanas e já estou lendo e escutando músicas calmas para estimular meu bebê desde pequeno. Escuto músicas com letras em português, espanhol e aquelas onde só é melodia, tipo ópera ou instrumental.

Antes eu só falava com ele de vez em quando até eu mesma me acostumar ao processo rs. No começo você vai achar meio estranho, mas depois ficará natural. Como agora eu estou sentindo os movimentos do meu bebê, se tornou mais fácil falar com ele.

Segundo o site tua saúde.com, os benefícios para o bebê ao escutar musica incluem:

  • Maior facilidade para falar as palavras corretamente;
  • Maior destreza no aprendizado das sílabas e do alfabeto;
  • Facilita o aprendizado da matemática e de línguas estrangeiras;
  • Melhora o desenvolvimento afetivo e a coordenação motora.

SEE ALSO ...