Notícias Locais

Foragidos da penitenciária de Roraima são presos em pousada na Venezuela

Segundo a polícia do país vizinho, o grupo faz parte de uma organização criminosa internacional


Homens foram presos em uma pousada na Venezuela e até o momento estão à disposição da Justiça do país vizinho - Divulgação

Cinco foragidos da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo de Roraima (Pamc) foram presos em uma pousada no município de Caroní, na Venezuela.

Segundo a polícia do país vizinho, os homens fazem parte de uma organização criminosa internacional, dedicada ao tráfico de pessoas, e estariam usando nomes falsos no local.

Ainda conforme a Polícia, pessoas teriam relatado "atitudes suspeitas" na pousada, o que fez os agentes iniciarem uma investigação.

Após abordar o grupo, foram constadas as identidades falsas e por meio do Departamento de Criminalística da entidade, conseguiram constatar os verdadeiros nomes dos suspeitos como sendo Talison Savaira Nobre Lourinho da Silva; Maio Robert Lourenço Matos; Clerinaldo da Conceiço Barros; Edilton Mesquita Filgueiras Junior e Dheys Vieria da Silva. Com eles, foram encontradas munições de grosso calibre, para fuzil.

Os cinco homens cumprem sentenças por homicídio e tráfico de droga cometidos no Brasil. O grupo deve permanecer retido pela polícia venezuelana, por estarem cometendo crimes na região.

Mais informações na edição impressa do Roraima em Tempo desta terça-feira (21).

VEJA TAMBÉM...