Notícias Locais

Grupo de dança da UFRJ ministra oficina para comunidade acadêmica da UFRR

Haverá, ainda, uma apresentação no Centro Amazônico de Fronteiras (CAF) em 17 de outubro


Espetáculo de dança promovido pelo ArtBitches terá entrada gratuita - Fabio Calilo/Roraima em Tempo

Lucas Sozzo é bailarino profissional, coreógrafo, professor e está no décimo semestre de Dança na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ele veio a Boa Vista para ministrar oficinas, além de um espetáculo com o restante da equipe em uma parceria com o Centro Acadêmicos de Comunicação Social e a Executiva Nacional dos Estudantes de Comunicação (Enecos).

Lucas contou que é uma grande oportunidade e realização de um sonho poder apresentar seu trabalho no Norte do país.

"A experiência está sendo muito incrível. Eu estava comentando com as pessoas que vieram à oficina que aqui é muito longe do Rio de Janeiro e foi difícil vir para cá, mas eu sempre tive essa curiosidade de expandir o meu trabalho, não somente na Região Sudeste, mas no Norte e Nordeste. Era um sonho que eu tinha", contou o bailarino.

Para ele, o que chamou atenção foi a calmaria da cidade em comparação ao local onde mora. "Roraima me recebeu superbem. As pessoas aqui estavam muito motivadas a participar das oficinas, assistir ao espetáculo e todas as atividades propostas. E isso é tudo muito gratificante", declarou o jovem.

ARTE PARA TODOS

A Enecos, em parceria com o CACS e a UFRR, está trazendo o grupo ArtBitches do qual Lucas faz parte. O restante dos integrantes deve desembarcar em Boa Vista nesta quinta-feira (11) para um espetáculo de dança que acontecerá no Centro Amazônico de Fronteiras (CAF) em 17 de outubro, às 19h. A entrada gratuita para toda a comunidade.

Mariana Turco é aluna do curso de Comunicação Social da UFRR e compareceu à oficina na tarde dessa terça-feira (9).

"Tivemos uma oficina em que dançamos de salto alto. Apesar de parecer fácil, porque andamos de salto por aí, dançar assim é outra coisa, mas ajuda até a aflorar a feminilidade. Tivemos uma aula curta, mas ficamos todos cansados. Apesar disso, eu gostei bastante", disse a estudante.

Ela contou ainda que sempre gostou de dançar e que quando ficou sabendo da oportunidade gratuita, não perdeu tempo para se inscrever e participar. A jovem afirmou ainda que já conhecia o trabalho do grupo e que recebê-los em Boa Vista foi uma boa experiência.

Francisco Eduardo é representante da Enecos em Roraima e disse que as oficinas superaram as suas expectativas.

"Meu papel como membro da Enecos é levantar a bandeira de combate às opressões e com as mensagens que o grupo ArtBitches tem isso colabora de forma muito eficaz com isso que queremos passar. Ainda há toda essa troca cultural entre as comunidades acadêmicas da UFRR e UFRJ. Isso é muito bacana", avaliou, acrescentando que esse foi o primeiro ato da Enecos em Boa Vista.

O espetáculo de dança promovido pelo ArtBitches terá entrada gratuita. Segundo o bailarino Lucas Sozzo,  o maior impacto que eles buscam causar nas pessoas é a reflexão para as bandeiras que o grupo defende.

VEJA TAMBÉM...