Notícias Locais

Homem é baleado em represália por ter abrigado membro de facção em casa

Enquanto aguardava os socorristas, vítima conversou com os PMs e explicou em que circunstância foi baleado


Crime ocorreu na Rua Uraricoera, no bairro Professora Araceli Souto Maior - Reprodução/Google Maps

Um desempregado de 37 anos, morador do bairro Professora Araceli Souto Maior, na Zona Oeste de Boa Vista, que teve o nome preservado, foi vítima do crime organizado em Boa Vista na segunda-feira (17). Ele foi atingido com quatro tiros em via pública, próximo de casa, por volta das 22h40. Segundo apurado pela reportagem do Roraima em Tempo nesta terça-feira (18), uma das balas o atingiu no ombro esquerdo e saiu perto da axila, e outra no braço.

O homem levou ainda um tiro na lateral do corpo, no abdome, que transfixou as costas. O quarto tiro pegou de raspão no tórax. Quando uma equipe de policiais militares chegou ao local para atender a ocorrência, encontrou a vítima ferida e acionou o Samu.

Ele estava consciente e, enquanto aguardava os socorristas, conversou  com os PMs e explicou em que circunstância foi baleado. O homem contou que estava em casa quando um amigo chegou e disse ter visto dois indivíduos nas proximidades em atitude suspeita e não reconheceu nenhum deles como morador da região.

Em seguida, disse que saiu de casa com o amigo para ver os suspeitos, quando um terceiro indivíduo, que ele conhece pelos apelidos de Pernalonga, Caneludo e PH, tirou uma arma de fogo da cintura e começou a atirar à queima-roupa. Os tiros atingiram apenas o desempregado. Duas testemunhas que estavam no local escaparam ilesas.

Mais informações na edição impressa do Roraima em Tempo desta quarta-feira (19).

SEE ALSO ...