Notícias Locais

Nova Casa: patrimônio de deputados estaduais eleitos varia de zero a mais de R$ 2,3 milhões

Os parlamentares Jânio Xingu, Renan Filho e Dhiego Coelho não declararam bens à Justiça Eleitoral


Dos três, apenas Renan Filho é novato na Casa Legislativa - Arquivo/Roraima em Tempo

Durante as eleições, os candidatos aos cargos políticos apresentam à Justiça Eleitoral a declaração dos bens que possuem. Em agosto, por exemplo, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) intimou os mais de 27 mil candidatos ao pleito de 2018 a detalharem os pertences. O objetivo era de dar transparência ao processo de votação.

O Roraima em Tempo traz um levantamento do patrimônio de cada um dos 24 deputados estaduais que declararam bens à Justiça Eleitoral. As informações constam no site do TSE e revelam que as posses dos parlamentares, que vão compor a nova Casa Legislativa, variam de zero a mais de R$ 2,3 milhões.

SEM PATRIMÔNIO

Entre os candidatos eleitos está Renan Filho, preso pela Polícia Federal por suposto envolvimento em desvio público calculado em R$ 70 milhões. O político não declarou nem um bem à Justiça durante o pleito, conforme consta no perfil do candidato na página do Divulga Contas do Tribunal.

Outro que aparece sem nenhum valor declarado é o deputado Jânio Xingu. Polêmico, ele chegou a xingar de 'macacos de auditório' estudantes no ano de 2013 que acompanhavam a sessão no Parlamento. Jânio aparece com o valor zerado no site do Tribunal Eleitoral. No entanto, nas eleições de 2014, o parlamentar declarou um patrimônio de R$1.475.000,00.

Dhiego Coelho também não declarou bens à Justiça Eleitoral. Nas eleições de 2010 e 2014 ele também não declarou.

MENORES

Os menores valores foram declarados por Catarina Guerra e Neto Loureiro. Eles ficaram abaixo da casa dos R$ 100 mil.

ELEVADOS

Único a apresentar declaração de bens com valor superior a R$ 2,3 milhões, o produtor agropecuário Eder Lourinho venceu as eleições com mais de 2,8 mil votos. Ele foi o 18º mais votado para compor uma das cadeiras no Plenário.

Jalser Renier, atual presidente da Assembleia Legislativa, declarou patrimônio de R$ 1,3 milhão. Foi o mais votado nas eleições para a Casa com 8,4 mil votos depositados nas urnas, representando 3,1% do eleitorado.

DEPUTADO PATRIMÔNIO
Jalser Renier R$ 1.388.908,23
Jânio Xingu -
Ione Pedroso R$ 759.500,00
Brito Bezerra R$ 1.015.709,91
Marcelo Cabral R$ 946.462,92
Jorge Everton R$ 476.310,24
Lenir Rodrigues R$ 985.000,00
Catarina Guerra R$ 22.944,66
Aurelina Medeiros R$ 500.000,00
Soldado Sampaio R$ 905.000,00
Coronel Chagas R$ 1.159.983,05
Odilon R$ 260.000,00
Chico Mozart R$ 310.000,00
Gabriel Picanço R$ 231.200,00
Dhiego Coelho -
Evangelista Siqueira R$ 424.483,31
Betânia Medeiros R$ 510.000,00
Eder Lourinho R$ 2.359.621,00
Renato Silva R$ 384.648,07
Nilton do Sindpol R$ 335.000,00
Renan Filho -
Jeferson Alves R$ 1.664.000,00
Tayla Peres R$ 531.202,34
Neto Loureiro R$ 88.000,00

Fonte: TSE

SEE ALSO ...