Notícias Locais

Plenário da Câmara aprova intervenção federal em Roraima

Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 200 votos a 9 e 4 abstenções, a intervenção federal no estado de Roraima até 31 de dezembro deste ano


Votação ocorre um dia após Antonio Denarium assumir comando do Estado - Divulgação/Câmara dos Deputados

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 200 votos a 9 e 4 abstenções, a intervenção federal no estado de Roraima até 31 de dezembro deste ano. Foi aprovado o Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 1105/18, que contém o pedido de intervenção (Mensagem 703/18). A matéria será enviada ao Senado.

A medida foi tomada pelo presidente da República, Michel Temer, na última sexta-feira (7) e viabilizada com o Decreto 9.602/18. O decreto nomeia como interventor o governador eleito nas últimas eleições de outubro, Antonio Denarium (PSL).

Ele vai substituir a governadora Suely Campos (PP) no comando do Poder Executivo do estado, que passa por uma crise na segurança pública, com paralisação de servidores da área em protesto pelo atraso de salários e tensão em presídios locais.

INDICAÇÃO DE SECRETÁRIOS

O relator da matéria, deputado Hiran Gonçalves (PP-RR), afirmou que Temer indicou dois secretários para o Executivo do estado. Na Secretaria da Fazenda, ficará o general Eduardo Pazuello, que atualmente coordena a operação de migração venezuelana.

Na Secretaria da Segurança Pública, ficará Paulo Costa, que já atua como interventor no sistema prisional de Roraima após um acordo entre o estado e a União, feito em novembro, para que a administração dos presídios estaduais ficasse sob gestão federal até 31 de dezembro.

Devido ao bloqueio de recursos a receber pelo estado, houve rebeliões nas prisões por falta de comida, cujo fornecimento foi suspenso pela empresa fornecedora por falta de pagamento de R$ 5 milhões.

SEE ALSO ...