Notícias Locais

Produção e industrialização de mel voltam a ser feitas por associação em Boa Vista

Cerca de 50 toneladas de mel já foram contratadas para serem vendidas a São Paulo


Mel passa por pelo menos seis etapas até ficar pronto para ser comercializado - Anderson Soares

O processo e industrialização do mel produzido em Boa Vista foi retomado nessa quinta-feira (7), na Associação Setentrional de Apicultores de Roraima (ASA-RR), localizada próximo ao Parque de Exposições Dandãezinho, na BR-174, zona Rural da cidade.

A estrutura foi preparada e respeita todas as exigências sanitárias, bem como da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa). No local, é feito todos os processos até o mel ficar pronto para ser vendido. A entidade já conta com um estoque de 80 toneladas, referente à produção de 2018.

O retorno dos serviços de beneficiamento do mel só foi possível devido à renovação do Termo de Autorização de Uso de Bem Público, documento em que a Seapa cede o imóvel para Associação.

"Renovamos o contrato por mais um ano com a nova gestão do Estado, através da Secretaria de Agricultura. O mel é uma produção animal, com isso, tinha um fluxo desde 2012 e o Estado sempre deu apoio aos produtores", comentou Alcemir Oliveira, presidente do Departamento de Abastecimento e Comercialização.

A partir de agora, a Associação possui o selo de qualidade, que permite o mel ser vendido para outros Estados. Atualmente, 64 apicultores estão cadastrados junto à entidade. Cerca de 50 toneladas de mel já foram contratadas para serem vendidas a São Paulo.

Para o secretário da Seapa, Renato Martins, é importante dar condições para que os produtores de mel continuem desenvolvendo a atividade.

"É um compromisso nosso com os apicultores de Boa Vista e de outras regiões, uma vez que a Associação atende todo o Estado. É importante esse trabalho para escoamento da produção, e até para que outros estados reconheçam o local produtivo para que haja venda para eles", observou.

O presidente da ASA-RR, informou que a produção de mel foi conforme o esperado. "Deu uma ótima produção e estamos satisfeitos. Nosso mel é orgânico, puro, não tem agrotóxico e é sem poluição. É importante que novos produtores venham para a Associação e juntos crescer ainda mais o setor", destacou.   

FUNDAÇÃO

A Associação Setentrional de Apicultores de Roraima foi fundada em 19 de março de 1992. É uma entidade de classe dos apicultores dos municípios de Boa Vista, Normandia, Bomfim, Mucajaí e Alto Alegre. Tem como objetivo promover o desenvolvimento da apicultura nessas áreas.

A Associação ocupa o prédio cedido pela Seapa desde 2014. Anteriormente, ocorria risco de fechar as portas da antiga sede, localizada no bairro São Vicente, por não atender às exigências sanitárias.

Além da estrutura cedida pelo governo, a Seapa elaborou o projeto que resultou no financiamento pelo Banco do Brasil, do maquinário utilizado no beneficiamento do mel.

VEJA TAMBÉM...