Notícias Locais

Roraima registra quatro apagões em menos de 24h; Venezuela também sofre blecaute

Duas foram no período da manhã, uma à tarde e a mais recente, por volta de 20h30, desta quinta-feira


Moradores relatam até 12 horas sem energia elétrica

Esta quinta-feira é marcada por constantes blecautes de energia em Roraima. Em menos de 24h, foram registrados ao menos quatro interrupções no serviço em Boa Vista e demais municípios do Estado, sendo duas no período da manhã, uma à tarde e a mais recente, por volta de 20h30.

O Roraima em Tempo tenta contato com a empresa responsável pelo abastecimento de luz no Estado. As suspensões afetam o trânsito, supermercados e outros setores que dependem do fornecimento de energia elétrica.

"É horrível. Quando você menos espera a energia vai embora. Não há segurança. Pagamos uma energia extremamente cara, mas de péssima qualidade", criticou a estudante Daniela Souza.

No entanto, a falta de luz não afeta apenas Roraima. Hoje, um apagão atingiu a Caracas, capital da Venezuela. O problema foi causado por uma falha no Linhão de Guri, o mesmo que fornece energia para Roraima.

Zulia, na Venezuela, também foi atingida por apagão - Foto: Arquivo Pessoal

No país vizinho, não há qualquer informação sobre o que causou a falha na transmissão de energia. O apagão durou mais de uma hora e se estendeu por pelo menos oito estados venezuelanos e outras 21 regiões. Cidadãos já fazem manifestação contra a interrupção do serviço.

Ainda há instabilidade em algumas áreas e o governo classificou como 'sabotagem' o apagão nacional.

Diferente da Venezuela, Rorainópolis, por exemplo, passou 12 horas sem o serviço. Moradores de Caracaraí, também ao Sul do Estado, ficaram sem luz por mais de 10 horas. A qualidade do serviço gera indignação nos roraimenses.

"Não podemos fazer nada. Sem luz, automaticamente vai embora água. Fica difícil para cozinhar, cuidar dos filhos pequenos, limpar a casa, lavar louça. Há momentos em que ficamos sem comunicação, pois o sinal telefônico também é cortado por falta de energia", lamentou a funcionária Josinete Campos, do Sul do Estado.

TUCURUÍ

Roraima é o único estado a depender da energia de outro país há quase 20 anos. As negociações entre os governos estadual e federal para que o Estado faça parte do Sistema Interligado Nacional (SIN) avançaram neste ano. A perspectiva é que em junho as obras da linha de transmissão Manaus-Boa Vista voltem à ativa.

 

 

 

SEE ALSO ...