TENSÃO

O clima é de tensão entre os invasores da propriedade particular no Cantá. É que a Justiça determinou a imediata desocupação da área. O líder desocupado, Faradilson Mesquita garante que ninguém vai arredar o pé do local e garante que a propriedade vai ser da tal Federação que ele preside. É bom que as autoridades fiquem alertas, porque esse cidadão não tem responsabilidade nenhuma e tende a desafiar uma decisão judicial, insuflando os mais humildes a se revoltarem, caso a desocupação seja feita com apoio policial.

NÃO SAI

Faradilson, durante uma reunião realizada ontem, disse que não é para ninguém deixar o local, dando a entender que ele tem total apoio da governadora Suely Campos e de deputados estaduais que ficariam ao seu lado, caso a ordem de desocupação seja efetivada. Faradilson está, de certa forma, desafiando a Justiça e tentando desacreditar uma decisão. É uma medida que precisa de punição imediata para servir de exemplo para os demais membros da diretoria desse movimento criminoso.

PROCESSO

O líder dessa invasão vai ter que responder, também, por crime ambiental. É que muitas árvores estão sendo cortadas e uma área de preservação já foi atingida por ações dos invasores. Faradilson já vai responder por falsificação de documento, formação de quadrilha e por estelionato. Parece que gosta de um processo.

BLOQUEIO

A governadora Suely Campos está bem arrumada com os assessores que emprega na administração pública. Faradilson (que já foi cargo comissionado) está metido até o pescoço em encrencas e ainda está levando Suely junto e agora o seu secretário faz nada acaba de ter os bens bloqueados pela Justiça do Paraná. João Pizzolatti responde por improbidade administrativa e está todo enrolado com a Lava Jato.

CALARAM

Depois que tentaram aparecer como os salvadores da pátria no local da invasão esta semana, os deputados Mecias de Jesus e Soldado Sampaio resolveram recolher o trem de pouso e esfriar a suas participações no processo. É que ficou muito evidente que eles estavam enrolados com essa invasão. Nem mesmo as tentativas de explicação valeram algo.

PP

O deputado Hiran Gonçalves é o novo vice-presidente nacional da sigla. Parece que a governadora Suely Campos vai ter que procurar outro partido para dar andamento à sua carreira política.

PT

Quem também está de malas prontas para outro partido é a senadora Ângela Portela. O PT já deixou claro que ela não está nos planos da sigla. Talvez tenha por causa da atuação quase que insignificante como ativista e como política.

CRM

O ‘Seminário Desvendando o Autismo – Do Diagnóstico à Inclusão’, promovido pelo Conselho Regional de Medicina de Roraima, será realizado neste sábado das 8h às 12h e das 14h às 18h, no auditório do CRM. O evento terá a participação de profissionais, residentes e estudantes.

CRM I

O evento é realizado em alusão ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo, celebrado todos os anos no dia 2 de abril, e tem como foco conscientizar as pessoas sobre o assunto e, com isso, esclarecer as dúvidas mais frequentes como também diminuir o preconceito.

MÍNIMO

O governo propôs salário mínimo de R$ 979 para o próximo ano. O valor consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, apresentado ontem (7) pelos ministros do Planejamento, Dyogo Oliveira, e da Fazenda, Henrique Meirelles.