SÓ NA PRESSÃO

O governo do estado se comprometeu em fornecer alimentação de qualidade e dentro do horário para servidores e pacientes das unidades de saúde do Estado. Para que isso aconteça, foi assinado um Termo de Ajustamento de Conduta, em reunião que aconteceu no Ministério Público do Estado de Roraima. O presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, deputado Jalser Renier (SD), a promotora de Saúde do MPRR, Jeanne Sampaio, o procurador do MPC (Ministério Público de Contas), Paulo Sérgio Oliveira e o secretário estadual de Saúde, Cesar Penna, assinaram o documento.

ESPERAR

É bom que esse acordo seja fiscalizado porque o governo do Estado já mostrou durante todo esse tempo que não tem interesse nenhum em corrigir uma falha grave como a que vinha ocorrendo. Se o estado tem condições de contratar uma empresa que forneça comida de qualidade, por que motivos não fez isso antes e sem terá pressão dos órgãos fiscalizadores? Agora é esperar para ver se o Estado e a empresa contratada vão respeitar o que foi acordado entre as partes.

SÓ ATRAPALHA

A senadora Ângela Portela usou sua página pessoal para tentar justificar o erro cometido na comissão mista que avaliava a MP 765. Depois de todos os acordos feitos entre as partes envolvidas, ela resolveu mudar tudo o que foi acordado, colocando em risco a aprovação da medida que vai beneficiar servidores dos ex-territórios. Ela pouco fez durante seu mandato e quando entra na discussão é para atrapalhar.

SOCORRO

Na verdade, Ângela Portela consegue atrapalhar muita gente. Olha o caso dos prefeitos do Partido dos Trabalhadores que administraram Alto Alegre e Uiramutã. Parece que o apoio que Ângela deu, os conselhos de como aplicar os recursos liberados por ela não surtiram muito efeito. Ambos os municípios ficaram praticamente falidos e cheio de dívidas.

CITADA

Ângela também se esquece e não diz a verdade a respeito de citações do seu nome nos esquemas de caixa dois. Ela já foi citada por receber R$ 1 milhão de empresas que são investigadas, da mesma forma que muitos outros parlamentares. Memória curta da senadora.

REAJUSTE

A prefeita Teresa Surita vai anunciar, hoje, o reajuste que a Prefeitura de Boa Vista vai dar para os servidores públicos municipais.

BRASIL

O Brasil está enfrentando outra crise política. O presidente Michel Temer está sendo acusado de tentar comprar o silêncio de Eduardo Cunha, que está preso em Curitiba. A gravação que foi divulgada pela grande mídia ontem, deixa margem para várias interpretações. Pode parecer uma armação para complicar a vida do presidente ou pode ser interpretada como um momento de pura idiotice dele. Num momento tão crítico que o Brasil vive, como um presidente vai se encontrar com um suspeito para tratar de assunto tão sério? Seria muita burrice e parece que ele caiu direitinho na armação.

PETISTAS

Já os petistas estão comemorando toda essa crise e, como não poderia deixar de ser, tentam se passar por ‘santos’. Nessa história toda ninguém pode comemorar nada. O mais interessante é que todas as investigações mostram que os esquemas de corrupção ganharam muito destaque a partir de 2003. Será por que?

JBS

Outro fato que chama a atenção nesse episódio é que os empresários da JBS são muito próximos a Lula da Silva e seu filho, Lulinha. É bom que fiquem de olho, pois pode ser mais uma armação.