DELAÇÕES

O STF terá muitas dificuldades para saber o que é verdade e o que é mentira nessa questão das delações premiadas dos ex-executivos da Oberbrecht. Muitas delas enxerga-se o conteúdo da verdade, mas em outras a dúvida fica no ar. A impressão que algumas delações passam é de puro desespero de quem não tem nada, mas quer arrumar  ‘bodes’ para diminuir suas penas. Há aqueles que devem no cartório e há outros que foram colocados nessa situação apenas por interesse. Quem vai ter a responsabilidade de saber separar é o Supremo Tribunal Federal.

QUARTIEIRO

Paulo César Quarteiro assumiu o governo de Roraima e logo tomou uma atitude elogiada por muitos e criticada por outros. Exonerou toda a cúpula da Secretaria de Estado do Índio. Os que defendem a atitude afirmam que Paulo César está fazendo o que deveria ter sido feito há tempo. Outros afirmam que ele está tomando atitudes pessoais contra os indígenas. Prevalece a caneta.

REFORMA

A tal reforma administrativa que a governadora Suely Campos prometeu parece que é mais uma de suas peças teatrais. Nada do que ela disse foi confirmado. As secretarias extraordinárias proliferam para atender aos interesses políticos, outras que seriam fechadas continuam abertas e as instituições que seriam extintas estão fazendo seletivo para contratação de servidores.

SALÁRIO

Será que Suely Campos manteve sua palavra no caso da redução dos salários do primeiro escalão? Se levar em consideração as outras promessas, é possível que ela tenha aumentado o seu e o de outros parentes que ocupam cargos do primeiro escalão.

EM TEMPO

Poucos dias depois de contratar uma empresa de táxi aéreo para alugar um jatinho executivo para o governo. Suely Campos resolve sair de férias para o descanso merecido. Seria muito bom se esse contrato fosse investigado para saber se o Estado tem condições para bancar o alto custo da aeronave.

TCE

O conselheiro Joaquim Netão achou estranho esse contrato e pediu uma auditoria nas contas do governo, para saber se suporta pagar por esse luxo. É bom lembrar que tem funcionários de empresas que prestam serviço ao governo que estão há mais de cinco meses sem receber seus salários, que muitas escolas ainda estão caindo aos pedaços e que na Maternidade, por exemplo, falta até comida para os pacientes.

FÉRIAS

O anúncio das férias da governadora abriu o ‘balaio’ para interpretações diversas. Uns dizem que ela está cansada e que precisa de um ‘gás’. Outros garantem que ela está ‘fugindo’ de alguma ‘bronca’ que vai se abater sobre Roraima esta semana e outros mais informam que ela simplesmente está querendo estrear o jatinho que o governo alugou em grande estilo.

NA REDE
A SAGA DA MERENDA ESCOLAR 
“Cadê os 51 itens da merenda escolar? Aqui na Escola Barão de Parima não temos aquele cardápio rico e balanceado servido na Escola Penha Brasil e em outras escolas com direito a proteínas, legumes, verduras, frutas… A merenda escolar não deveria ser igual para todas as escolas? Não consigo entender o porquê dessa diferença! A merenda de qualidade é um direito do aluno e um dever do Estado!”. O autor é Laullimã Dos Santos Conceição.