Polícia

Bandidos armados invadem oficina para assaltar e tomam anel, cordão e até brinco de funcionários

Os criminosos estavam de caras limpas e até à tarde de domingo não tinham sido presos nem identificado

Créditos: NONATO SOUSA
- Divulgação

Dois bandidos armados, cada um possivelmente com um revólver calibre 38, foram filmados durante um assalto a uma loja de retífica e oficina mecânica localizada no bairro Jardim Floresta. O assalto ocorreu no final da tarde de quinta-feira (1º) e até o fim da tarde de domingo (4) nenhum suspeito do crime foi preso nem identificado.

Os ladrões estavam de caras limpas e não se importaram com as câmeras de vigilância eletrônica da loja que gravaram toda a ação da dupla no escritório da empresa, onde estavam duas funcionárias e para onde também foi um funcionário. Ele foi ameaçado e depois ter o celular, o relógio e até um anel tirado do dedo por um dos ladrões, foi revistado e obrigado a deitar no chão.

Das funcionárias os assaltantes tomaram celulares e arrancaram cordão do pescoço de uma delas, e os brincos da outra. Depois fugiram e deixaram as vítimas na sala. Um dos ladrões estava usando boné e óculos de grau. O outro usava óculos de sol.

O vídeo com as imagens do assalto foi compartilhado pela gerência da empresa para auxiliar a polícia na identificação dos criminosos. O caso foi comunicado à Polícia Civil e será investigado pelos agentes do 2º Distrito Policial.

NA FRONTEIRA

Também em Pacaraima, comerciantes e moradores daquele município, que faz fronteira com a Venezuela, ao norte de Roraima, denunciaram à Polícia Militar casos de furto e roubo que ocorreram no final de semana prolongado.

Num dos casos um ladrão também foi filmado furtando num mercadinho da cidade. O criminoso estava só de cueca e usou a camisa amarrada à cabeça e cobrindo o rosto para não ser identificado.

NA REGIÃO SUL

Em Rorainópolis, bandidos assaltaram uma distribuidora de gás de cozinha no sábado (3). Na saída do local fizeram disparos para o alto e ninguém foi baleado. Segundo as poucas informações do caso, um funcionário foi agredido pelos criminosos e foi levado para o hospital desacordado.

A reportagem falou com o delegado Cid Guimarães, da Polícia Civil de Rorainópolis, mas ele disse que ainda estava aguardando o relatório dos policiais militares que teriam atendido a ocorrência.