Polícia

Caseiro é assassinado com requinte de crueldade em Mucajaí e tem coração arrancado por criminosos

José Baiano foi assassinado na tarde de sábado, numa fazenda da Vicinal 20, Apiaú, em Mucajaí. Assassinos abriram a barriga da vítima e arrancaram o coração


Segundo o delegado Luciano Silvestre, cinco suspeitos que beberam com a vítima foram identificados e um foi preso. Denilson Mafra negou o crime - Divulgação

Um homicídio praticado com crueldade, segundo destacou o delegado Luciano Silvestre, foi registrado no início da noite de sábado (8) numa fazenda localizada na Vila do Apiaú, no município de Mucajaí. A vítima foi o caseiro José Alves de Souza, 63, conhecido como "Baiano". Pelo menos um suspeito do crime foi capturado por policiais civis e acabou preso em flagrante pelo homicídio qualificado. Outros quatro suspeitos, um deles adolescente, estão sendo procurados.

O corpo do caseiro foi encontrado no fim da tarde por agentes da Delegacia de Polícia Civil de Mucajaí que atuaram em parceria com colegas do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), após serem informados do crime na fazenda denominada Laguna, na Vicinal 20.

CORAÇÃO ARRANCADO

Chamou a atenção das equipes policiais, a crueldade com que o crime foi praticado. De acordo com o resumo do caso, feito pelo delegado Silvestre, o idoso teve a barriga aberta pelos assassinos e o coração extraído.

INVESTIGAÇÃO

Após a constatação do crime macabro, os policiais iniciaram a investigação para identificar e localizar possíveis suspeitos. Durante as diligências, descobriram que, momentos antes do crime, o caseiro consumiu bebida alcoólica na própria fazenda, com cinco indivíduos, um deles Denilson Rodrigues Mafra, 19, que acabou preso ainda sábado. Os outros quatro suspeitos também foram identificados como Rodrigo, Erisson, Clayton, além do adolescente.

"Depois do homicídio, os cinco suspeitos fugiram e se esconderam. Os policiais localizaram o esconderijo e tentaram capturar todos, mas na chegada ao local, ao avistarem a viatura, Rodrigo, Erisson e Clayton correram e fugiram pela mata. Apenas Denilson [que estava bastante embriagado] não conseguiu correr e acabou preso", informou o delegado.

Silvestre informou que o adolescente teria sido ser detido pelos funcionários da fazenda, porém conseguiu fugir logo depois. Após a captura de Denilson, os policiais foram a casa dele e encontraram uma espingarda calibre 20.

Denilson Mafra foi conduzido à delegacia de Mucajaí ainda no sábado. À noite, acabou preso em flagrante por homicídio qualificado. Em interrogatório, ele negou envolvimento no assassinato do caseiro 'Baiano' e acusou Rodrigo, Erisson, Clayton e o adolescente como prováveis autores do assassinato.

"Mas, devido às circunstâncias do crime, a prisão do suspeito e o relato dos policiais, decidi pela lavratura do flagrante de Denilson pelos crimes de homicídio qualificado e ainda posse irregular de arma de fogo de uso permitido, por conta da espingarda encontrada na casa dele", frisou Silvestre.

Nesta segunda-feira (10), Denilson Mafra deve ser apresentado à Justiça para audiência de custódia. Enquanto isso, equipes policiais continuam as buscas para capturar os outros quatro suspeitos de participação no homicídio.

 

SEE ALSO ...