Polícia

Garimpeiro baleado num suposto assalto em Pacaraima morre no HGR

Crime ocorreu no município no fim de semana; vítima foi baleada no abdome e um dos ouvidos


Manuel da Silva estava internado desde domingo no HGR. Ele morreu na UTI perto do meio-dia dessa terça-feira - Edinaldo Morais/ Roraima em Tempo

O garimpeiro Manuel Alves da Silva, 61, morreu por volta das 10h dessa terça-feira (9) no Hospital Geral de Roraima, onde estava internado há quase dois dias, após ter sido baleado num suposto roubo.

O crime ocorreu no município de Pacaraima, Norte de Roraima na fronteira com a Venezuelana, no domingo (7). Silva foi baleado no abdome e no ouvido. Ele foi removido de ambulância até o hospital em Boa Vista e deu entrada no HGR às 11h53 de domingo.

O homem recebeu os primeiros atendimentos ainda no Grande Trauma do Pronto-Socorro Francisco Elesbão, e no dia seguinte foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do HGR, onde permaneceu até essa terça-feira, quando foi declarada a morte após uma parada cardiorrespiratória.

O corpo do garimpeiro foi levado  ao Instituto de Medicina Legal à tarde e ainda ontem, após o exame cadavérico, foi entregue para a família fazer o velório e sepultamento.

Manuel da Silva morava no bairro Liberdade, em Boa Vista. O corpo dele foi liberado pela filha, que também mora na capital, no bairro Calungá.

A reportagem conversou com a delegada Simone Arruda, da Polícia Civil em  Pacaraima, no começo da noite, mas ela informou que até ontem não havia registro do caso na delegacia.

VEJA TAMBÉM...