Polícia

Instituto Médico Legal identifica corpo encontrado decapitado no Anel Viário

Moisés Hernandez, de 17 anos, foi encontrado morto nas proximidades do balneário Crocodilo


Adolescente foi assassinado por integrantes da facção PCC por ser considerado da rival Comando Vermelho - Divulgação

Foi identificado ontem o corpo do jovem encontrado decapitado no fim da tarde de terça-feira (7) na região do Anel Viário. Trata-se do adolescente venezuelano Moisés David Guaimare Hernandez, 17.

Segundo uma fonte da polícia, ele morava com a família em Boa Vista, no bairro São Bento, há pouco mais de um ano. Conforme parentes informaram a policiais, Hernandez era barbeiro. Eles não confirmaram se o jovem estava envolvido com o crime organizado na capital.

Ainda ontem, após a identificação e reconhecimento da vítima por familiares, o corpo do adolescente foi entregue para eles fazerem o velório e sepultamento. Segundo uma fonte do Instituto de Medicina Legal, a família disse que não tinha condições financeiras de levá-lo para sepultar no país de origem e decidiram enterrá-lo em Boa Vista.

CASO

Moisés Hernandez foi encontrado morto por algumas pessoas nas proximidades do balneário Crocodilo. Ele teve as mãos e pés amarrados pelos criminosos e foi brutalmente assassinado. No chão, próximo do corpo do adolescente, os assassinos escreveram as siglas das facções Primeiro Comando da Capital (PCC) e Comando Vermelho (CV).

Conforme um policial, o jovem foi assassinado por ser considerado do CV. O caso está sendo investigado pela Delegacia Geral de Homicídios. Até ontem, nenhum suspeito foi preso nem identificado.

VEJA TAMBÉM...