Polícia

Ladrão atira em manicure em via pública para roubar Biz da vítima

Créditos: Nonato Sousa

Uma manicure de 35 anos foi baleada durante um assalto. O crime ocorreu na noite da última sexta-feira (7), na Rua N-11 no bairro Pintolândia, mas somente terça (11) a vítima comunicou à Polícia Civil. Tatiane de Almeida disse que foi atingida numa das pernas e após o tiro o bandido roubou sua motoneta Biz rosa, placa NAP 8633, um par de sapatilhas, uma jaqueta preta e seus documentos (carteira de trabalho, identidade, CPF), além de um cartão de crédito da Caixa Econômica Federal.

Segundo a manicure, ela estava sozinha e ia para casa quando o bandido saiu de um terreno baldio, próximo da escola estadual Luiz Canarã, com uma arma de fogo, uma espécie de espingarda, e atirou contra ela. Após ser atingida na perna, Tatiane disse que caiu com a Biz e o bandido aproveitou para roubá-la.

"Ele pegou minhas coisas, montou na Biz e fugiu", informou.

Depois do assalto, a vítima teve a ajuda de algumas pessoas e foi levada para o Pronto-Socorro Francisco Elesbão, onde recebeu atendimento. Até a conclusão da matéria o bandido não foi preso nem identificado. A Biz da manicure não foi recuperada.

EM CASA

Um servidor público de 58 anos também procurou a Polícia Civil na manhã dessa quarta-feira para denunciar que foi assaltado em casa no bairro Doutor Airton Rocha por volta das 5h30. Segundo a vítima, que teve o nome preservado, ela acordou com o barulho dos cachorros no quintal e ao abrir a porta para ver o que estava acontecendo foi rendida por dois bandidos.

Os criminosos estavam com arma de fogo e exigiram que a vítima lhes entregasse um pano de joias, mas o servidor público alegou que não tinha o que eles queriam, quando foi agredido com uma coronhada na cabeça. Após a agressão, os assaltantes reviraram a casa e pegaram algumas joias, uma TV, celulares e dinheiro, além de roupas, perfumes, a bolsa de sua mulher com todos os documentos e cartões de banco e de crédito.

Também foram levados na bolsa os documentos das filhas do casal, Além do servidor, a mulher e as filhas estavam na casa na hora do roubo. Segundo a vítima, um dos ladrões estava com uma camisa na cabeça para não ser identificado.

Os assaltantes trancaram as vítimas no quarto do casal, trancaram a casa e fugiram.

 

 

SEE ALSO ...