Polícia

Motorista de aplicativo é chamado para uma corrida e é usado por bandidos num assalto

Depois de deixar os criminosos no Conjunto Cidadão, após o assalto, o motorista foi ao 5º DP e registrou boletim de ocorrência

Créditos: Nonato Sousa

 Um motorista de aplicativo foi usado por bandidos, que se passaram por clientes, num assalto na tarde dessa terça-feira (4) a uma distribuidora de gás no bairro Pintolândia. Depois de liberado pelos criminosos e com medo de ser apontado como cúmplice no roubo, ele foi ao Plantão da Polícia Civil no 5º Distrito Policial e registrou boletim de ocorrência.

O motorista, que teve o nome preservado pela reportagem, contou que eram por volta das 15h quando foi chamado através do aplicativo para fazer uma corrida. Ele seguiu para o local solicitado, nas proximidades da Praça Mané Garrincha, no bairro Tancredo Neves, onde três indivíduos entraram no veículo e mandaram que ele seguisse para o Pintolândia.

A vítima disse que quando chegaram ao destino, os três passageiros desceram na frente de uma casa próximo da distribuidora e ele ficou aguardando. Cerca de dois minutos depois, os bandidos retornaram correndo, entraram no carro e disseram "mete o pé no acelerador".

Os assaltantes mandaram que o motorista seguisse para o Conjunto Cidadão e quando chegou ao local, parou e eles desceram. "Ao descer do carro, eles jogaram R$ 50 dentro do veículo e foram embora", informou o motorista à polícia.

O homem disse que em seguida falou com outros motoristas de aplicativo sobre o que tinha acontecido e decidiu procurar a polícia para informar o caso, que será investigado pela Polícia Civil. Até ontem à noite, nenhum suspeito foi preso nem identificado.

 

 

SEE ALSO ...