Polícia

Suspeitos de tráfico de drogas são soltos após depoimento na delegacia

Suspeitos foram abordados na Rua Vovó Júlia, no bairro Caimbé

Créditos: Nonato Sousa
- Fabio Calilo

Os traficantes continuam agindo na região do bairro Caimbé, na Zona Oeste de Boa Vista. Na noite de quarta-feira (12), uma equipe da Guarda Civil Municipal (GCM) recolheu 12 trouxinhas de drogas jogadas na Rua Vovó Júlia, durante patrulhamento pelo local. Três suspeitos de envolvimento com o entorpecente foram detidos e conduzidos ao Plantão da Polícia Civil, mas acabaram liberados depois de negarem que a droga fosse de algum deles.

Segundo o relatório da GCM, antes da apreensão da droga e abordagem aos suspeitos, a equipe viu quando um deles teria passado entorpecente para outro e este último teria se livrado do material ao perceber a viatura.

"Foi feita revista nos três e com um deles foi encontrada certa quantia em dinheiro, provavelmente proveniente do tráfico. Depois da abordagem, uma testemunha disse que um dos detidos, de 22 anos, era quem estava vendendo droga. Outro, de 30 anos, tinha a função de olheiro para avisar quando alguma equipe policial ou mesmo da Guarda aparecesse, e assim o fez no momento que nossa equipe apontou na rua", contaram os guardas em relatório que foi entregue na delegacia com a droga e os suspeitos.

Ainda de acordo com a equipe da GCM, a testemunha se negou a ir à delegacia para ser ouvida, o que pode ter contribuído para que os suspeitos não fossem presos em flagrante, sendo liberados na mesma noite.

REAGENTE

Segundo uma fonte da Polícia Civil, esse não é o primeiro caso em que suspeitos de serem traficantes são soltos na delegacia. Nos últimos dias, outros traficantes também voltaram para as ruas mesmo após terem sido flagrados com droga, porque a Polícia Civil não dispunha de reagente químico para fazer a análise do entorpecente e confirmar que o produto apreendido era mesmo droga.

Ainda de acordo com a fonte policial, a falta do reagente já acontece há algum tempo e muitas das vezes em que o procedimento foi feito, ocorreu porque o produto foi cedido pela Polícia Federal.

 

SEE ALSO ...