Questão de Opinião

Como sair do caos

Podemos criar, inventar, destruir algo, de forma animalesca, mas nunca seremos animais, nascemos com a capacidade crítica


Quantas coisas você deixa de fazer durante um dia? Quantas coisas você faz sem querer fazer. Por quê? Por quê? Por quê? Então por que não?

É bem provável que todos já tenham pensado em algum momento em largar tudo e sair fazendo "loucuras", mas porque isso acontece?

Estamos vivendo uma fase em que a nossa maior preocupação é estar seguro, e para isso temos diversos aparatos tecnológicos. Cada geração possui um problema que precisa ser superado, nossos pais conviveram com o fim das guerras, que levou a quase todos os países trabalharem para a reconstrução. A geração anterior a essa, viu nascer a os meios de comunicação em massa, com a invenção dos jornais, do rádio e da televisão.

Para todos as coisas que são criadas existe uma guerra a ser vencida. Talvez essa frase pareça sem nexo, devemos considerar que mesmo sem levantarmos a mão, existiu por trás da cortina um imenso numero de pessoas, que doou tempo e conhecimento para que isso acontecesse.

Infelizmente nem todos trabalham com a seriedade exigida para que o produto seja útil na sociedade. Há casos que relatam a crueldade humana, e como ela atinge a fauna e a flora, da mesma maneira que tratamos a nós mesmos. A tristeza sobre esse momento é única, pois é guiada pela perversidade humana, e justificada pela ciência, mas e nós, quando viraremos seres humanos?

Podemos criar, inventar, destruir algo, de forma animalesca, mas nunca seremos animais, nascemos com a capacidade crítica, uma capacidade que se desenvolve não apenas para o outro, mas também a nós mesmos. É com essa capacidade, que sobrevivemos ao caos do mundo. Caos causado por nós mesmos, caos que se torna irreversível com o passar do ano.

Mas por que sabendo disso ainda vivemos no caos? Porque ele não se apresenta da forma que é, o caos é a própria reunião de tudo e nada, mas se apresenta como a coisa mais bela já alcançado pelos seres humanos. Ele se apresenta a todos como algo esplendoroso, quando alguém o procura, ele se cria ate chegar a outra forma.

Mas e aí, o que esse caos? Ou como fazemos para sair dele? Digamos que o caos é nossa rotina, e escutá-lo é permanecer nele, e quando for possível deslumbrar uma outra vida, esse é o escape que o caos nos dá.

Mas a gente só consegue alcançar a plenitude do que é ser você mesmo quando consegue mergulhar nas águas lamacentas desse rio que é a vida, e que nos banha.

A verdadeira linha de pesca, que resiste ao caos para nos tirar de dentro da subversão da realidade, e ela é a amizade. Não há vida sem amizade, sem amor pelo próximo, sem se doar a alguém, e mesmo que as vezes doa, que nos irrite, e nos arrasta, é a amizade que nos cura de tudo.

Desde os primórdios da filosofia já se sabe o valor de estar perto de alguém e necessidade de amor que precisamos para viver. Como você cuida das suas flores? Elas são cultivadas ou pescadas por acaso? Pense nisso. 

ELIZA LIMA - A autora é professora, graduada e especialista em Filosofia. [email protected]

 


SEE ALSO ...