Questão de Opinião

É preciso profissionalizar o político e o eleitor

No mundo atual e com as redes sociais nos aproximando mais dos políticos ficou mais fácil manter contato com nossos representantes


No Brasil, a população adora chamar político de ladrão. Virou moda atacar parlamentares pelas redes sociais e em manifestações. Acontece que esse mesmo eleitor que aponta o dedo, muitas vezes, acaba sendo corrupto durante as eleições ou omisso durante o mandato dos seus representantes.

É certo que vivemos um momento de desesperança no país. Mas não temos para onde correr. Vivemos e dependemos da política em tudo na vida. Portanto, são os parlamentares quem podem e devem brigar pelo povo independente da esfera.

Mas o problema no Brasil é que os eleitores afirmam que os políticos só aparecem de quatro em quatro anos. E a maioria se esconde porque sabe que somente nas eleições os eleitores têm coragem de pedir algo e correr atrás de resolver suas demandas.

Eu sei que é complicado e difícil para quem trabalha o dia todo ir a uma sessão na Câmara de Vereadores ou na Assembleia Legislativa. Mas você que está lendo esse texto já foi às Casas Legislativas quantas vezes? Quando é que você procurou seu vereador, deputado estadual ou federal ou um senador?

Sei que no mundo atual e com as redes sociais nos aproximando mais dos políticos ficou mais fácil manter contato com nossos representantes. Mas o "olho no olho" e a conversa cara a cara jamais serão substituídos. É preciso estar lado a lado com os políticos para cobrar problemas coletivos e que possam resolver as demandas de todos e não questões individuais.

Quando eu digo que além dos políticos, os eleitores também precisam se profissionalizar eu cito a postura das pessoas. Vamos pegar como exemplo Roraima. Um Estado pequeno, novo e com problemas cruciais para serem resolvidos.

Mas muitas das pessoas que hoje brigam na internet, postam textos e gravam vídeos detonando os parlamentares são as mesmas que no ano que vem estarão procurando alguém para "apoiar". É gente que às vezes procura dois, três para "trabalhar", mas de olho em algo maior lá na frente.

Mas o agravante nisso tudo é que poucos pensam nos próximos quatro anos. A maioria visualiza somente os próximos quatro meses. E nesse jogo político não avançamos e ficamos nessa guerra virtual pedindo mudança.

Para finalizar vamos exercitar nossa memória. Pense no nome de 10 vereadores da sua cidade. Pensou? Agora recorde de 10 deputados estaduais. Lembre um projeto bom de cada um deles. Lembra em quem você votou para vereador e prefeito na eleição de 2016? Se você recordou de tudo agora me responda as duas últimas questões. Depois da eleição, você teve contato com quem você apostou e depositou confiança? Essa pessoa fez o que prometeu?

Vamos mudar nossa postura? Assim os políticos mudarão também. 

BRUNO PEREZ - O autor é jornalista e apresentador da TV Band Roraima e rádio 93 FM.


SEE ALSO ...