Uber, Easy e outros apps testam programas de fidelidade e assinatura

Foto: Brazil Photo Press/Folhapress
O sistema de recompensas funcionaria em parceria com dezenas de restaurantes e lojas

Empresas do mercado de chamada de motoristas por aplicativo estão desenvolvendo programas de fidelidade e assinaturas.

Funcionários da matriz americana da Uber estiveram no Brasil testando um programa desse tipo no fim de abril.

O sistema de recompensas funcionaria em parceria com dezenas de restaurantes e lojas. O usuário que fizer compras nesses estabelecimentos e pagar com cartão de crédito de uma determinada bandeira, que deve fechar parceria com o aplicativo, ganhará crédito para corridas.

Cerca de 20 usuários brasileiros foram selecionados para testar protótipos do serviço durante entrevistas. A versão de testes previa que de 10% a 30% dos gastos dos consumidores em parceiros seriam creditados na conta do consumidor na Uber.

Cada participante ganhou R$ 300 em dinheiro após uma entrevista feita em casa.

Ferramentas similares já estão disponíveis em outros países. Nos EUA, o Local Rides foi lançado em meados de 2016 e funciona como um sistema de pontos. Cada dólar gasto em restaurantes ou lojas selecionados dá direito a um ponto. Cem pontos podem ser trocados por uma corrida de até US$ 10.

A empresa também demonstrou um vale-presente virtual, para que usuários possam presentear uns aos outros com créditos de R$ 50, R$ 100, R$ 150 e R$ 200. Esses valores poderiam ser usados para corridas e também para o Uber Eats, sistema de entrega de comida.

A assessoria da Uber não quis comentar a iniciativa.

 

Filipe Oliveira