Últimas Notícias

Escola do Legislativo em Roraima lança revista digital produzida por alunos

Revista digital foi lançada na noite de terça-feira (11) para marcar o encerramento do curso de informática na unidade


Revista foi produzida em sala de aula pelos próprios estudantes - Divulgação/ALERR

Imigração, violência doméstica, turismo em Roraima, esportes, jogos, entre outros temas, fazem parte da revista digital Mente Aberta, produzida pelos alunos do curso de informática básica da Escola do Legislativo - Cursos Preparatórios, Unidade Silvio Botelho. O material está disponível no site da Assembleia Legislativa de Roraima

A revista digital foi lançada na noite de terça-feira (11) para marcar o encerramento do curso de informática na unidade. Três alunos apresentaram a produção para os servidores e os estudantes da Escola.

Na avaliação do presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, Jalser Renier (SD), a revista é um espaço para os alunos aplicarem o conhecimento adquirido nas aulas do curso, além de expressarem ideias e opiniões. "Através desta revista os alunos podem passar as experiências para outras pessoas. Para nós é um motivo de alegria compartilhar esse momento", disse.

A obra possui 37 artigos elaborados por quatro turmas, totalizando 90 alunos. A estudante Dayene Wendre, de 23 anos, escreveu um artigo intitulado "De Repente Adulto", para falar das dificuldades dos jovens nesta etapa da vida.  "Esse processo foi interessante, porque coloquei em prática as minhas ideias e o que aprendemos na sala de aula", explicou.

O projeto foi supervisionado pela professora Eulina Medeiros. Para a produção da obra os estudantes utilizaram o Pacote Office, que inclui programas para digitação de documentos (Word), tabelas (Excel) e apresentações (Power Point). "A revista é digital para ajudar o meio ambiente, e deixar mais acessível. Foi muito bacana porque os alunos se envolveram com a ideia e até criaram o nome da revista", explicou.

Segundo a professora, a produção da revista vai continuar nas próximas turmas de informática. Além disso, a plataforma servirá como um acervo digital para preservar as atividades do curso de informática, a identidade e a memória da Escola. Um canal de interação entre a instituição e a comunidade em geral.

SEE ALSO ...