Últimas Notícias

Governo prorroga por mais 90 dias decreto de calamidade pública na Saúde de Roraima

Decreto foi publicado no diário do Estado; Denarium tomou decisão durante conflitos entre civis e militares venezuelanos


Governador decretou calamidade durante os conflitos na Venezuela - Edinaldo Morais/Roraima em Tempo

O governo de Roraima prorrogou por mais 90 dias o decreto de calamidade pública na Saúde de Roraima. A publicação foi feita no Diário Oficial do Estado desta semana, mas com efeitos retroativos a 25 de maio.

Durante coletiva no mês de fevereiro, o governador Antonio Denarium (PSL) anunciou que iria decretar estado de calamidade pública na saúde. O motivo foi a crise financeira que Roraima enfrenta, além do aumento de venezuelanos que têm chegado aos hospitais do estado.

A Secretaria de Estado da Saúde afirmou que o Hospital Geral de Roraima chegou a atender 21 pacientes em estado grave, durante os conflitos entre civis e militares venezuelanos. O Hospital Délio Tupinambá, em Pacaraima, também atendeu diversos pacientes. 

Conforme o Estado, alguns dos enfermos precisaram passar por procedimentos cirúrgicos, com necessidade de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O decreto poderá ser prorrogado por mais 90 dias "enquanto permanecerem as circunstâncias causadoras do colapso do sistema de saúde".

SEE ALSO ...