Últimas Notícias

Homem é preso por homicídio após se envolver em acidente de trânsito em RR

Segundo informações da PM, idoso andava de bicicleta, quando foi atingido pela motocicleta que o suspeito conduzia

Créditos: Nonato Souza
Idoso chegou a ser encaminhado ao Pronto-Socorro Francisco Elesbão, mas não resistiu aos ferimentos - Arquivo/Roraima em Tempo

Um homem, de 35 anos, foi preso em flagrante pela morte do aposentado Antônio Vieira de Sousa Santos, 78 anos, em decorrência de acidente de trânsito que envolveu os dois. O acidente ocorreu na noite de terça-feira (16), na zona Oeste de Boa Vista.

O idoso andava de bicicleta, quando foi atingido pela motocicleta que o homem conduzia. Ele foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e conduzido ao Pronto-Socorro Francisco Elesbão. No entanto, o idoso não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu uma hora depois na unidade de saúde.

Jordão Silva Ribeiro conduzia a moto e não teve ferimento grave, apenas escoriações. Ele foi detido no local do acidente, por policiais da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito Urbano e Rural (Ciptur), da Polícia Militar.

A pedido da equipe policial, ele fez o teste do bafômetro e o aparelho acusou que ele estava bêbado. Conforme informações repassadas à reportagem pelos policiais, o equipamento marcou 1 mg/l de álcool, enquanto o permitido por lei é de menos de 0,04. O homem também não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Segundo o suspeito relatou aos policiais, ele seguia pela Rua Matrinchã, sentido Avenida São Sebastião. Ao chegar ao cruzamento com a Rua Dourado, por onde o aposentado trafegava, os dois veículos colidiram.

FLAGRANTE

Após a constatação da embriaguez, Jordão Ribeiro foi conduzido à delegacia, onde o delegado Wulpslander Trajano formalizou a prisão pela morte do aposentado, como homicídio culposo, quando não intenção de matar.

O delegado informou à reportagem, nessa quarta-feira (17), que o flagrante foi com base no artigo 302 do Código de Trânsito Brasileiro: "praticar homicídio culposo na direção de veículo automotor". Combinado com o paragrafo 3º: "se o agente conduz veículo automotor sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência".

Em caso de condenação, o suspeito pode pegar de cinco a oito anos de reclusão, e suspensão ou proibição do direito de obter CNH.

LIBERADO

O delegado acrescentou que, como houve morte, não cabe fiança. Ao final do flagrante, Ribeiro foi levado à audiência de custódia, na qual foi liberado pelo juiz para responder ao processo em liberdade.

SEE ALSO ...