Últimas Notícias

Preço de gasolina reduz cerca de R$ 0,02 nos postos de combustíveis de Boa Vista

Até então, o valor médio do combustível na capital era de R$ 4,15 e agora caiu para R$ 4,13

Créditos: Bryan Araújo
Postos das cidades já começaram a praticar novo preço, que chega a R$ 4,13 - Edinaldo Morais/Roraima em Tempo

Os postos de combustíveis diminuíram para R$ 4,13 o preço do litro da gasolina em Boa Vista. A redução começou a valer na última terça-feira (9). Até então, o valor médio do combustível na capital era de R$ 4,15.

Na última segunda-feira (8), a Petrobras anunciou a redução nos preços da gasolina e do diesel nas refinarias. A baixa foi de 4,4% na gasolina e no diesel foi de 3,8% dos preços médios repassados às distribuidoras.

A informação está disponível no site da petroleira que detalha os preços praticados nos 37 pontos de suprimento do mercado brasileiro, para a gasolina, o diesel S10 e o diesel S5500.  Com a queda dos preços, o valor médio do litro da gasolina nas refinarias passará para R$ 1,6817. O preço médio do diesel passará a R$ 2,0649 por litro.

A redução foi sentida em Boa Vista e chamou a atenção dos motoristas. "Temos que aproveitar a baixa nos preços para encher o tanque para trabalhar. Espero que esse preço continue a reduzir nas próximas semanas", disse o condutor Alan Prado.

O gerente e frentista de um posto, Sílvio Romero, analisou a queda como positiva tanto para os estabelecimentos quanto para os clientes. Segundo ele, a expectativa é que os preços praticados atualmente sofram uma redução ainda maior.

"O tráfego de pessoas no posto aumento consideravelmente nesta semana, devido à baixa no preço da gasolina. A tendência é que nos próximos dias o valor caia ainda mais e que o diesel também siga esse caminho", explicou o gerente.

O reajuste no preço do diesel vem uma semana após uma alta de 3,9% no valor do combustível nas refinarias. Já o último reajuste no preço da gasolina aconteceu no dia 11 de junho, quando os preços médios caíram para 3,02%. Agora o combustível atinge o menor valor nas refinarias desde 28 de fevereiro.

O repasse dos ajustes nas refinarias para os consumidores finais nos postos de combustíveis depende de diversos fatores, como tributos, margens de distribuição e revenda, e mistura obrigatória de biodiesel em ambos os combustíveis.

SEE ALSO ...