Acertou

Acertou 17.03.2021


- Divulgação/MPRR

O Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR), que continua cobrando médicos para as unidades de saúde do Estado. O ministério é certeiro ao afirmar que faltou planejamento da Secretaria de Estado da Saúde Sesau (Sesau) ao encerrar contrato com a Coopebras e não ter profissionais "na agulha" para substituir. Agora, o órgão pede multa diária de R$ 10 mil ao secretário e governo.