Coluna Roraima Alerta

Opinião: Jalser é vaiado durante discurso de presidente da Câmara

Menção ao presidente da Assembleia Legislativa foi respondida com uma sonora vaia


- Divulgação/Facebook/Jalser Renier

CONFIRMADO

Antes do encontro que definiu a nova composição da presidente da Câmara de Boa Vista, o governador Antônio Denarium (sem partido) e o presidente da Assembleia Legislativa, Jalser Renier (SD), confirmaram o que se falava pelos bastidores: selaram o acordo para interferir na escolha. Publicado no Diário Oficial, Denarium transferiu R$ 10 milhões para a Casa, dinheiro que tirou da Assistência Social e da Educação.

JUSTIFICATIVA

Os dois tentaram justificar que a transferência era constitucional e necessária. Mas não soou muito bem para a população. A Assembleia possui farto orçamento e é criticada por executar ações que não são de responsabilidade do Poder Legislativo. Porém, o que mais pesa na cobrança é o fato de que há muito tempo se sabe que existem desvios graves nos recursos da Casa que ficaram evidentes nas operações Cartas Marcadas e Royal Flush, que constataram irregularidades em contratos que beneficiavam Jalser.

ÁUDIO

Outro artefato que pesa sobre as suspeitas do mau uso de recursos da Assembleia é o famoso áudio do deputado estadual Renato Silva (Republicanos), no qual ele afirma que os "R$ 20 milhões não são do Jalser para ele gastar com o Ottaci". A fala do deputado mostra a interferência do político na gestão dos recursos. Desta forma, destinar mais R$ 10 milhões para a Assembleia Legislativa levanta suspeitas.

ENTRELINHAS

Suspeitas que também foram confirmadas durante a escolha da Mesa Diretora... Por 13 a 12, Genilson Costa (SD), apadrinhado de Jalser, e Juliana Garcia (PSD), apadrinhada e sobrinha de Denarium, encabeçam a chapa que venceu a disputa. O voto do vereador Gildean Gari (PP) confirmou a negociata. Mesmo com a orientação formal do partido, ele manteve o voto em Genilson. A decisão pode gerar um processo de infidelidade partidária.

DISCURSO

No discurso, Genilson pregou a união e afirmou que vai exercer uma atuação diferente do que a mídia local havia divulgado nos dias que antecederam as eleições. É o que se espera. Sobre a votação da Lei Orçamentária Anual (LOA), ele afirmou que irá proceder a votação em comum acordo com os novos vereadores, por se tratar de uma responsabilidade constitucional. Por enquanto, a fala é conciliatória, mas é de conhecimento público que haverá interferência do Jalser nas decisões de Genilson.

PROVA

A prova disso é que Genilson manteve um discurso sem citar o presidente da Assembleia Legislativa. No fim da cerimônia, pressionado por alguns apoiadores de Jalser, como o próprio secretário estadual de Saúde, Marcelo Lopes, teve que citar o nome do presidente. Ao citar Jalser, Genilson foi respondido com uma sonora e duradoura vaia. O barulho tomou conta do Teatro Municipal e deixou claro que a rejeição de Jalser é grande a ponto de ter apoiadores do próprio governador engrossarem o coro da vaia.

CRÍTICA

Outra prova da rejeição ficou clara nos comentários critérios e até agressivos direcionados ao vereador Gildean. A população cobrou porque ele seguiu a orientação de Jalser e votou em Genilson. Jalser inclusive chegou a publicar uma nota acusando o presidente do PSL, o deputado federal Nicoletti de traidor por ele ter garantido votação aberta. Gildean tentou justificar a escolha, criando uma história envolvendo a ex-prefeita Teresa Surita (MDB). Nas entrevistas que concedeu, só esqueceu de ensaiar a história.

AMIGOS

Por fim, neste domingo, circulou a imagem mostrando os 13 vereadores capitaneados por Jalser, em uma reunião com o governador Antonio Denarium. Nenhum deles divulgou o assunto oficial, mas segundo se especula, seria um encontro de comemoração pelo resultado obtido na Câmara. Agora, o eleitor tem que acompanhar como será a postura do vereador em que votou. A continuidade do trabalho feito por Teresa em Boa Vista depende também de uma boa harmonia entre a Câmara e o Executivo Municipal.

PERGUNTAS

  • Insistimos: qual a vantagem de se unir a Jalser Renier?
  • Será que os novos vereadores irão finalmente votar a Lei Orçamentária?
  • E como será a pressão popular em cima do vereador Gari depois dessa estreia no mandato?

PENSAMENTO DO DIA

"Me comovem tuas mãos limpas e tua boca suja" - Eliane Pantoja.


SEE ALSO ...