Coluna Roraima Alerta

Opinião: Jogo sujo pela presidência da Câmara de Boa Vista

Jalser teria exigido fidelidade total de 11 vereadores, que ficaram isolados em um hotel da cidade para evitar contato com outras pessoas


DECEPÇÃO

Antes de entrar no assunto propriamente dito, abrimos um parêntese para compartilhar o sentimento de decepção demonstrado por muitos eleitores com o vereador eleito Gildean Gari (PP). Ele teve 1.200 votos, fazendo uma campanha humilde e repetindo o jargão Mãos Limpas, que usou como símbolo da honestidade. Ontem, quando começaram a circular as imagens dos vereadores isolados, conforme divulgado amplamente, a pedido de Jalser Renier (SD), muita gente se decepcionou ao ver que Gildean estava no grupo de vereadores submissos ao presidente da Assembleia Legislativa. O gari que conquistou a simpatia e confiança de muita gente, começou de forma bem errada.

CAUSAR

Nas redes sociais esse verbo é usado para destacar as pessoas que tentam criar confusão ou pelo menos chamar atenção. E foi isso que Jalser fez ao isolar 11 vereadores do contato com outras pessoas. Segundo circulou nos grupos de notícia, Jalser quis blindar os vereadores que já haviam assinado uma carta de apoio ao vereador Genilson (SD), escolhido por Jalser para disputar a presidência da Câmara. Para quem é esclarecido, o vídeo gravado dentro do quarto de um hotel mostrando os 11 vereadores juntos foi, no mínimo, ridículo. Se eles queriam causar, conseguiram: mais antipatia por parte da população.

CONFIANTE

Com ar de "Já Ganhou", o recado do vereador eleito Genilson foi exaustivamente compartilhado pelos 11 apoiadores e, depois, pelas pessoas que têm ligação direta com eles. Não demorou muito para o material estar em todos os grupos, gerando os mais diversos comentários. E a maioria contrária à decisão daqueles que escolheram permanecer ao lado de Jalser. A Coluna registrou ontem, mas vale repetir aqui, a pergunta: qual a vantagem de se aliar a uma pessoa que foi identificada em rede nacional como "o presidente presidiário"?

QUANTO CUSTA

É difícil acreditar que essa lealdade seja algo espontâneo. As eleições 2020 mostraram que Jalser perdeu força entre o eleitorado e ainda transferiu a antipatia gerada para Ottaci (SD), que sofreu uma grande derrota nas urnas. Mensagens encaminhadas ao Roraima em Tempo durante o período eleitoral davam conta de que nem os cabos eleitorais contratados pelo Solidariedade votaram em Ottaci. A popularidade do presidente da Assembleia nunca esteve tão comprometida, o que leva a questionar a atitude de vereadores, muitos no primeiro mandato, escolherem seguir a cartilha de Jalser. Mesmo que eles optassem por não apoiar o outro concorrente à presidência da Câmara, o vereador Idázio da Perfil (MDB), seria mais lógico seguir o caminho da independência que se aliar com Jalser.

ESPECULAÇÃO

Um dos objetivos de manter os vereadores isolados seria também inviabilizar a votação do orçamento municipal. O projeto já entrou em pauta três vezes, mas não avançou por falta de quórum, ou seja, os vereadores não apareceram para votar. Dos 11 vereadores de Jalser, três estão em mandato legislativo e deveriam participar da apreciação do documento: Genilson, Aline Rezende (PRTB) e Vavá do Thiaguá (PSD). Será que eles estarão na sessão desta quarta-feira?

CONSEGUIU

Por falar em Jalser, a reportagem mostrou ontem, com exclusividade, que a Justiça concedeu a liberação de bens apreendidos em operação do Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR), no início de 2019. Contudo, para receber os óculos, bolsas, relógios, carros, quadriciclos e mais um monte de bens, Jalser e a esposa, Cinthya Gadelha, devem depositar um caução de R$ 1,1 milhão. Para internautas, o valor é irrisório para o presidente do Parlamento Estadual, suspeito de integrar organização criminosa que desviou mais de R$ 24 milhões.

TESTAGEM

Desde que o jornal denunciou que os testes rápidos para coronavírus venceriam em 7 de novembro, nunca mais se ouviu falar em testagem em massa. Os R$ 140 milhões que estavam em caixa seriam usados para comprar mais exames. Contudo, isso ficou pelo caminho do esquecimento. Mesmo assim, segundo o secretário de Saúde, Marcelo Lopes, 20% da população de Roraima já está imune contra a doença. São esses dados que não chegam com eficiência à população. Lamentável como Saúde vai de mal a pior.

PERGUNTAS

  • Como fica a imagem de vereadores eleitos para o primeiro mandato que se juntam com investigados por desvio de recursos públicos?
  • Jalser vai depositar o caução milionário para receber os bens apreendidos na operação Royal Flush?
  • Quando o governo vai anunciar nova testagem em massa?

PENSAMENTO DO DIA

"Chega um dia em que se o homem não deixar tudo para trás não vai para a frente" - Micítaus do Issás.