Errou

Errou 21.12.2019


O governo de Roraima, que não presta um serviço de qualidade aos moradores que precisam da Balsa do Passarão. Cerca de oito mil pessoas dependem deste transporte fluvial, mas ele vive quebrado ou com falta de peças. Quando a embarcação não está funcionando, moradores dependem do Corpo de Bombeiros ou de canoas de moradores para fazer a travessia, o que prejudica quem precisa do serviço de saúde e o transporte de frutas para vender na cidade.