Geral

Bolsonaro anuncia reajuste e salário mínimo sobe para R$ 1.045

Aumento foi anunciado após encontro do presidente com o ministro Paulo Guedes

Créditos: GaúchaZH
Anúncio foi feito após reunião com o ministro Paulo Guedes - Divulgação

Após encontro com o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou na tarde de hoje (14) que o salário mínimo será de R$ 1.045 neste ano. O valor foi reajustado para recompor integralmente a inflação do ano passado. 

Em 2020, o governo havia elevado o mínimo de R$ 998 para R$ 1.039. Contudo, a projeção considerou uma inflação mais baixa do que a anunciada oficialmente na última semana.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 2019, que ficou em 4,48%. O percentual veio acima dos 3,86% estimados no fim de dezembro ao determinar o valor do salário mínimo.

Levando em conta o cálculo usado pela equipe econômica, que parte de R$ 999,91 ao considerar um resíduo de inflação de 2018, o valor chegaria a R$ 1.044,70 usando o INPC integral de 2019. Como a cifra é arredondada ao entrar em vigor, o salário mínimo em 2020 ficou em de R$1.045.