Notícias Locais

Cartinhas de Natal são adotadas pela Rádio 93 FM e crianças de BV recebem presentes

Presentes foram entregues pelas mãos do Papai Noel; entrega acontece até sábado (22) em vários bairros

Créditos: Anderson Soares
- Fabio Calilo

Crianças de vários bairros da Capital terão um Natal mais feliz graças a uma atitude da Rádio 93 FM. Nesta quinta-feira (20), equipes do veículo de comunicação juntamente com o Papai Noel estiveram em vários bairros da Capital para entrega de presente, que foi pedido pelos pequenos.

Eles enviaram cartas à rádio com endereço, nome e informaram o que gostariam de ganhar de presente de Natal. Os pedidos foram variados, como os mais tradicionais carrinhos, bonecas, além de linha e pipas. Todas as cartas foram lidas e os presentes continuam sendo entregues até sábado (22).

"Nós selecionamos e lemos todas as cartinhas. É uma ação importante porque há muitas crianças carentes na cidade", comentou a gerente administrativa Lídia Souza. "As cartas são muito tocantes, a maioria delas falam sobre pai e mãe desempregados. Isso corta o coração", acrescentou.

Uma das crianças que recebeu presente foi Ykaro Kauã, de 6 anos. Ele disse na cartinha que gostaria de ganhar um trator, e teve o pedido realizado, recebendo pelas mãos do bom velhinho.

Para a dona de casa, Raimara Lima Almeida, mãe de Kauã, foi emocionante e importante para o filho dela ter um brinquedo faltando poucos dias para o Natal. Segundo ela, a ideia de enviar a carta partiu do filho dela.

"Ele mora no interior com a minha mãe e vivia pedindo uma retroescavadeira de presente, e eu não tinha dinheiro para comprar para ele. Eu me sinto muito feliz por ele ter sido contemplado", disse Raimara, ao acrescentar que acompanha todos os dias a programação da Rádio 93 FM.

Morando no bairro Silvio Botelho, Zona Oeste da Cidade, Elisabeth Oliveira Arnaldo, de 3 anos, também teve a cartinha lida e o pedido realizado. Ela brincava no quinta de casa quando recebeu a visita do Papai Noel na tarde de ontem.

Ao receber o presente, agradeceu dando um abraço apertado no bom velhinho. A vó dela, Joana Elisabeth Arnaldo, contou que todos os anos a mãe da criança escreve cartas para os Correios, mas nunca tinha sido adotada. Dessa vez, resolveu escrever para a rádio.

"Todos nós ficamos muito felizes por essa atitude de distribuir presentes para as crianças da cidade. Eu agradeço muito e de coração. Espero que continuem com essa atitude nos próximos anos para que outras crianças possam também ter um Natal melhor e feliz", destacou.