Notícias Locais

Caseiro é baleado na perna e braço direitos e pede socorro em posto de combustíveis

Homem disse aos policiais que estava em via pública quando os criminosos apareceram e um deles começou a atirar

Créditos: NONATO SOUSA

Um homem de 30 anos, caseiro de uma associação localizada no bairro Cidade Satélite, na Zona Oeste de Boa Vista, foi baleado no braço e perna direitos. A tentativa de homicídio, cuja motivação está sendo investigada, ocorreu por volta das 23h de segunda-feira (5).

Conforme apurado pela reportagem com uma equipe de policiais do 1º Batalhão da Polícia Militar, o caseiro chegou a um posto de combustíveis localizado na RR-205 pedindo socorro. "Estávamos em PE [ponto estratégico] no posto de gasolina quando a vítima chegou pedindo socorro e disse que foi baleado por dois indivíduos que andavam numa motocicleta modelo Fazer", contaram os PMs.

O caseiro disse aos policiais que estava em via pública quando os criminosos apareceram e um deles começou a atirar. Ele correu para se salvar dos tiros, mas dois o acertaram. A vítima não soube informar aos PMs quem são os dois indivíduos que atentaram contra sua vida nem por qual motivo.

Uma equipe de socorristas do Samu foi acionada pelos policiais que permaneceram no posto de combustíveis com a vítima até ela ser resgatada e conduzida ao Pronto-Socorro Francisco Elesbão. Após o caseiro ser levado para o hospital, a equipe policial realizou diligências pelo bairro para tentar encontrar os dois homens, mas nenhum suspeito foi preso nem identificado até o encerramento do plantão na manhã de terça-feira (6).

O relatório sobre o caso foi entregue no Plantão da Polícia Civil para investigação. O caseiro permaneceu internado no hospital, mas a reportagem não conseguiu informações sobre o estado de saúde dele.

De acordo com determinação da direção do Hospital Geral de Roraima, informações sobre pacientes só são repassadas aos parentes.

MAIS TIROS

A reportagem foi informada que ainda na noite de segunda-feira um homem conhecido pelo apelido de "Curió" também foi alvo de tiros em via pública nas proximidades da Vila Olímpica, que fica entre os bairros Doutor Silvio Botelho e Olímpico.

De acordo com as poucas informações sobre o caso, foram disparados pelo menos cinco tiros contra a vítima. Curió teria fugido correndo para uma área de mato que fica próximo da vila e não o viram mais. A polícia não confirmou o caso. Segundo um policial, até o termino do seu plantão, não soube de mais ninguém baleado fora o caso do caseiro no bairro Cidade Satélite.

VIA PÚBLICA

Também na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, no bairro 31 de Março, moradores contaram em rede social que indivíduos numa motocicleta, modelo e cor não informados, passaram atirando em via pública. A polícia não confirmou o caso, mas também não desmentiu.